sicnot

Perfil

Mundo

Rússia ataca rebeldes sírios apoiados pelos EUA

Aviões russos fizeram uma série de ataques no sul da Síria contra rebeldes que tinham recebido apoio dos Estados Unidos, disse na quinta-feira um responsável da Defesa norte-americana.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Khalil Ashawi / Reuters

Estes bombardeamentos, perto do posto fronteiriço de Al-Tanaf, entre a Síria e o Iraque, "revelam preocupações graves sobre as intenções russas" na Síria, disse o responsável, sob anonimato.

A fonte não forneceu informações sobre o número de combatentes afetados pelos ataques, nem sobre o que lhes aconteceu. "Há vítimas", limitou-se a dizer. Também não especificou a qual dos grupos sírios os combatentes estariam ligados.

Os militares norte-americanos lançaram no início de 2015 um programa de 500 milhões de dólares para formar e equipar combatentes sírios interessados em lutar contra o grupo extremista Daesh.

A Rússia e os Estados Unidos da América (EUA) estão envolvidos num processo diplomático e político sobre a Síria que está parado após cinco anos de guerra, que já causou 280 mil mortos e milhões de refugiados.

Os EUA acusam a Rússia de procurar consolidar o regime de Bashar al-Assad e de continuar a atacar a oposição moderada.

"Os russos reforçaram as forças do regime e estão implicados neste momento nos ataques contra a oposição", disse na quinta-feira o diretor da CIA, John Brennan.

"Estou desiludido por a Rússia não ter um papel construtivo para utilizar a sua influência na Síria" para levar o regime e o exército "para as negociações" com a oposição moderada, acrescentou.

Os dois países não se coordenam militarmente, mas trocam informações, em princípio diariamente, sobre os movimentos dos seus aviões para evitar incidentes entre eles.

A Rússia anunciou na quinta-feira uma trégua nos combates em Alepo, a grande cidade do norte, mas os combates foram retomados durante o dia.


Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".