sicnot

Perfil

Mundo

Polícia angolana tem três suspeitos do homicídio de casal português em Luanda

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) da polícia angolana identificou três suspeitos do homicídio de um casal português, em abril, numa via rápida de Luanda, mas a investigação ao caso ainda continua.

A informação foi confirmada hoje à agência Lusa por fonte do comando de Luanda do SIC, recordando que durante o homicídio os autores não terão levado pertences das vítimas, tendo escapado ileso o filho do casal, que seguia na mesma viatura abordada.

"É um caso muito enrolado em que estamos a tentar desenrolar o fio. Nesta altura temos três suspeitos identificados e nenhum detido", disse a mesma fonte.

O crime deu-se na noite de 26 de abril, quando o casal seguia na sua viatura, na estrada Luanda-Viana, com o filho, tendo sido surpreendidos por homens encapuzados que atiraram contra os mesmos.

Uma versão apontada por órgãos locais passa pelo envolvimento no crime de ex-trabalhadores do casal português em Luanda, mas a polícia não confirma e também não avança com mais explicações, por decorrerem as investigações.

O filho saiu ileso, o pai morreu no local e a mãe acabou por falecer numa unidade hospitalar da cidade, onde foi socorrida.

Desde a altura que a polícia angolana admite tratar-se de um ajuste de contas.

Lusa

  • Portuguesa ouviu disparos que mataram casal em Luanda
    4:22

    Mundo

    Um casal português foi morto em Luanda. O local onde Elvira e Fernando foram assassinados é bem conhecido por quem vive em Luanda por serem frequentes os episódios de violência e criminalidade. A estrada, que a grande maioria dos portugueses faz todos os dias, liga os dois extremos da capital angolana pela periferia. Uma portuguesa que mora junto a esta Via Expresso, e que ainda ouviu os disparos que mataram o casal ontem em Luanda, contou ao telefone para o Jornal da Meia Noite que apesar de reconhecer o perigo vai ter que continuar a usar este caminho para casa.

  • Casal luso-angolano assassinado em Luanda

    Mundo

    Um casal luso-angolano foi ontem assassinado em Luanda, na capital de Angola. O crime aconteceu ontem na zona de Viana, na periferia da capital angolana, uma zona complicada onde há muitos assaltos.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19