sicnot

Perfil

Mundo

Argélia bloqueia redes sociais para evitar fuga dos exames do secundário

A Argélia bloqueou temporariamente o acesso dos cidadãos ao Facebook e ao Twitter, bem como aos serviços 3G, para evitar fugas dos exames do secundário.

© Brendan McDermid / Reuters

Desde as 20 horas de sábado que o Facebook e o Twitter ficaram inacessíveis aos cibernautas argelinos. A medida surge depois de dezenas de pessoas terem sido detidas numa investigação relacionada com a publicação de partes dos exames nas redes sociais.

Este "encerramento das redes sociais tem uma relação directa com os exames parciais que começaram na manhã de domingo", explicou fonte do sector das telecomunicações.

A decisão foi tomada "sobretudo para proteger os candidatos aos exames do ensino secundário da publicação de falsos exames nessas redes", acrescentou a mesma fonte.

Cerca de metade dos candidatos na Argélia estão obrigados a repetir o exame, após fugas de informação das provas na Internet.

No início de Junho, cerca de 800.000 alunos realizaram exames em todo o país. Alguns candidatos das áreas científicas, matemática e gestão, receberam na sua conta de Facebook os temas que iam sair nas provas nacionalidade.

  • Novas regras para os pagamentos em dinheiro vivo

    Economia

    Os pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros são proibidos a partir de quarta-feira, mas aos não residentes são permitidos pagamentos até 10 mil euros, ou o equivalente em moeda estrangeira, segundo um diploma hoje publicado.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.