sicnot

Perfil

Mundo

Avião Solar Impulse 2 saiu de Nova Iorque rumo a Sevilha

O avião Solar Impulse 2 descolou hoje do aeroporto JFK, em Nova Iorque, dando início à primeira etapa da volta ao mundo numa tentativa de quebrar o recorde de viagens intercontinentais através de energias renováveis.

Solar Impulse 2.

Solar Impulse 2.

© Handout . / Reuters

O voo do aparelho impulsionado a energia solar na travessia do Oceano Atlântico pode ser acompanhado através da página da Solar Impulse 2 na Internet.

O voo é pilotado pelo suíço Bertrand Piccard e deve prolongar-se durante 90 horas até aterrar no aeroporto de Sevilha, em Espanha.

Segundo a organização, o piloto vai estar em permanência ao comando do aparelho, estando previstos apenas curtos períodos de descanso.

Lusa

  • Solar Impulse 2 cruza Pacífico
    0:34

    Mundo

    O avião Solar Impulse 2 chegou à Califórnia depois de atravessar o Oceano Pacífico. Está cumprida a etapa mais perigosa da volta ao mundo da primeira aeronave movida apenas a energia solar. Depois de uma viagem de três dias desde o Havai o aparelho aterrou no sul de São Francisco. Vai agora prosseguir para Nova Iorque, de onde segue para a Europa, norte de África e Emirados Árabes Unidos. O projeto pretende demonstrar as potencialidades das energias renováveis.

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.