sicnot

Perfil

Mundo

Homem recebe cartão do Dia do Pai do filho que morreu há 20 anos

O homem de 87 anos recebeu no correio um cartão do filho que morreu de SIDA há 20 anos. A carta foi enviada em 1989, na esperança de ser entregue no Dia do Pai desse ano. Contudo, foi entregue no Dia do Pai de 2016.

© Carlos Barria / Reuters

Duane Schrock, que mudou várias vezes de casa nos Estados Unidos da América, recebeu finalmente o cartão, depois de ser devolvido e enviado durante 30 anos.

O filho de Schrock, Duane Schrock Jn., morreu em 1995 com 45 anos.

A viver agora na Virginia, Schrock disse que era "inacreditável" e "um sinal vindo do céu".

"Eu ainda choro quando penso no que aconteceu."

Schrock disse à ABC 13 que ele não aceitava a homossexualidade do filho e a relação dele com o namorado era "muitas vezes tumultuosa".

Na carta, Schrock Jn. espera conseguir falar com o pai depois de tanto tempo sem entrarem em contacto um com o outro.

"Querido pai", começa a carta, "nós não temos mantido contacto por um longo tempo. Estou bem e muito feliz em Richmond. Gostaria muito de ouvir notícias de ti. Tem um feliz dia do pai. Com amor, Duane".

Schrock disse que a carta foi "muito bem recebida" e ficou feliz que alguém nos correios "pegou no cartão e levou-o até ele depois de tanto tempo".

  • Bruno de Carvalho garante empenho do Sporting
    0:52

    Desporto

    Bruno de Carvalho diz que o Sporting continua empenhado apesar do momento que o clube atravessa. O presidente leonino discursou ao início da tarde no núcleo Leões da Madeira, no Funchal, onde o Sporting joga hoje com o Marítimo.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.