sicnot

Perfil

Mundo

Polícia belga detém seis suspeitos ligados a tiroteio em comboio no ano passado

A polícia belga anunciou hoje a detenção de seis pessoas alegadamente ligadas ao tiroteio, em agosto do ano passado, num comboio de alta velocidade que circulava entre Amesterdão e Paris.

© Francois Lenoir / Reuters

A 21 de agosto, Ayoub El Kahzzani, marroquino, entrou no comboio na capital belga, Bruxelas, armado com uma espingarda automática Kalashnikov e outras armas, mas foi neutralizado por um grupo de norte-americanos e um britânico, quando começou a disparar.

O homem permanece detido, mas o juiz responsável pela investigação ao ataque ordenou a realização de seis buscas, que decorreram hoje na área de Bruxelas, incluindo quatro no bairro de Molenbeek, considerado um reduto de jihadistas. As outras duas operações decorreram em Woluwe-Saint-Lambert e Haren.

"Seis pessoas foram detidas e questionadas", segundo um comunicado do gabinete do procurador federal, que referia que não foram encontradas armas nem explosivos nas buscas.

O juiz deverá decidir nas próximas horas se as pessoas ficarão detidas.

As autoridades belgas acusaram no sábado três homens de "tentativa de homicídio terrorista", após buscas em dezenas de casas, operações relacionadas com uma alegada ameaça a adeptos durante um jogo do campeonato europeu de futebol.

As operações decorreram em toda a Bélgica, incluindo o bairro de Molenbeek, com uma grande população imigrante.

Kahzzani ficou em casa da sua irmã neste bairro, antes de embarcar no comboio que viajava entre Amesterdão e Paris.

Molenbeek também tem sido alvo de investigações ligadas aos ataques bombistas em Bruxelas, a 22 de março, que causaram 32 mortos, e os ataques de 13 de novembro do ano passado, em Paris, em que morreram 130 pessoas.


Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.