sicnot

Perfil

Mundo

Polícia belga detém seis suspeitos ligados a tiroteio em comboio no ano passado

A polícia belga anunciou hoje a detenção de seis pessoas alegadamente ligadas ao tiroteio, em agosto do ano passado, num comboio de alta velocidade que circulava entre Amesterdão e Paris.

© Francois Lenoir / Reuters

A 21 de agosto, Ayoub El Kahzzani, marroquino, entrou no comboio na capital belga, Bruxelas, armado com uma espingarda automática Kalashnikov e outras armas, mas foi neutralizado por um grupo de norte-americanos e um britânico, quando começou a disparar.

O homem permanece detido, mas o juiz responsável pela investigação ao ataque ordenou a realização de seis buscas, que decorreram hoje na área de Bruxelas, incluindo quatro no bairro de Molenbeek, considerado um reduto de jihadistas. As outras duas operações decorreram em Woluwe-Saint-Lambert e Haren.

"Seis pessoas foram detidas e questionadas", segundo um comunicado do gabinete do procurador federal, que referia que não foram encontradas armas nem explosivos nas buscas.

O juiz deverá decidir nas próximas horas se as pessoas ficarão detidas.

As autoridades belgas acusaram no sábado três homens de "tentativa de homicídio terrorista", após buscas em dezenas de casas, operações relacionadas com uma alegada ameaça a adeptos durante um jogo do campeonato europeu de futebol.

As operações decorreram em toda a Bélgica, incluindo o bairro de Molenbeek, com uma grande população imigrante.

Kahzzani ficou em casa da sua irmã neste bairro, antes de embarcar no comboio que viajava entre Amesterdão e Paris.

Molenbeek também tem sido alvo de investigações ligadas aos ataques bombistas em Bruxelas, a 22 de março, que causaram 32 mortos, e os ataques de 13 de novembro do ano passado, em Paris, em que morreram 130 pessoas.


Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.