sicnot

Perfil

Mundo

Supercomputador mais rápido do mundo é chinês

A China construiu o supercomputador mais rápido do mundo recorrendo apenas a microchips fabricados no país, conseguindo posicionar-se assim pela primeira vez no topo da indústria sem utilizar tecnologia norte-americana, revelou hoje uma pesquisa.

NATIONAL SUPERCOMPUTING CENTER / HANDOUT

O Sunway TaihuLight é duas vezes mais rápido do que o anterior recordista, que foi fabricado na China com chips da firma norte-americana Intel, indicou o estudo Top500, publicado no portal supercomputadores www.top500.org.

Com 167 supercomputadores, o país asiático ultrapassou também os EUA pela primeira vez em número total daquelas máquinas, indica a pesquisa.

O Sunway TaihuLight opera no centro nacional da China para supercomputadores, na cidade de Wuxi, leste do país, e será utilizado para modelização climática e pesquisa científica.

A sua performance acaba com a "especulação de que a China precisará de depender de tecnologia ocidental para competir efetivamente no alto nível da supercomputação", refere a pesquisa.

Os supercomputadores que fazem parte daquela lista, que é realizada anualmente, são classificados de acordo com a velocidade atingida num teste conduzido por especialistas da Alemanha e EUA.

Entre os dez computadores mais rápidos do mundo, dois estão na China, quatro nos EUA, e os restantes no Japão, Alemanha, Suíça e Arábia Saudita.

A China tem realizado grandes investimentos nas áreas da ciência e tecnologia, ilustrando a transição económica preconizada por Pequim, que prevê a transformação do país num líder do setor tecnológico.

Para este ano está ainda prevista a abertura do maior radiotelescópio do mundo, no sudeste do país, segundo a imprensa estatal.


Lusa

  • Autocarro do futuro circula por cima dos carros
    1:11

    Mundo

    O autocarro do futuro foi apresentado na Feira de Ciência e Tecnologia de Pequim, na ChinaChama-se "bus-way" e mistura conceitos de metro e autocarro. Prevê transportar 1.200 pessoas e resolver problemas de tráfego no país mais populoso do mundo. e reduzir a poluição. Circula num sistema de carris por cima da estrada e dos carros. A altura vai variar entre 4,5m e 4,7m e a largura será de 7,8 m. A parte que permite passar sobre o trânsito estará a cerca de dois metros de altura do solo.O primeiro teste deverá ser feito em 2017 na cidade de Qinhuangdao, na província de Hebei, no norte do país.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.