sicnot

Perfil

Mundo

Supercomputador mais rápido do mundo é chinês

A China construiu o supercomputador mais rápido do mundo recorrendo apenas a microchips fabricados no país, conseguindo posicionar-se assim pela primeira vez no topo da indústria sem utilizar tecnologia norte-americana, revelou hoje uma pesquisa.

NATIONAL SUPERCOMPUTING CENTER / HANDOUT

O Sunway TaihuLight é duas vezes mais rápido do que o anterior recordista, que foi fabricado na China com chips da firma norte-americana Intel, indicou o estudo Top500, publicado no portal supercomputadores www.top500.org.

Com 167 supercomputadores, o país asiático ultrapassou também os EUA pela primeira vez em número total daquelas máquinas, indica a pesquisa.

O Sunway TaihuLight opera no centro nacional da China para supercomputadores, na cidade de Wuxi, leste do país, e será utilizado para modelização climática e pesquisa científica.

A sua performance acaba com a "especulação de que a China precisará de depender de tecnologia ocidental para competir efetivamente no alto nível da supercomputação", refere a pesquisa.

Os supercomputadores que fazem parte daquela lista, que é realizada anualmente, são classificados de acordo com a velocidade atingida num teste conduzido por especialistas da Alemanha e EUA.

Entre os dez computadores mais rápidos do mundo, dois estão na China, quatro nos EUA, e os restantes no Japão, Alemanha, Suíça e Arábia Saudita.

A China tem realizado grandes investimentos nas áreas da ciência e tecnologia, ilustrando a transição económica preconizada por Pequim, que prevê a transformação do país num líder do setor tecnológico.

Para este ano está ainda prevista a abertura do maior radiotelescópio do mundo, no sudeste do país, segundo a imprensa estatal.


Lusa

  • Autocarro do futuro circula por cima dos carros
    1:11

    Mundo

    O autocarro do futuro foi apresentado na Feira de Ciência e Tecnologia de Pequim, na ChinaChama-se "bus-way" e mistura conceitos de metro e autocarro. Prevê transportar 1.200 pessoas e resolver problemas de tráfego no país mais populoso do mundo. e reduzir a poluição. Circula num sistema de carris por cima da estrada e dos carros. A altura vai variar entre 4,5m e 4,7m e a largura será de 7,8 m. A parte que permite passar sobre o trânsito estará a cerca de dois metros de altura do solo.O primeiro teste deverá ser feito em 2017 na cidade de Qinhuangdao, na província de Hebei, no norte do país.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.