sicnot

Perfil

Mundo

Greenpeace entrega à Europa oito milhões de assinaturas para proteger o Ártico

A Greenpeace entregou esta manhã aos quinze países europeus signatários da Convenção para a Proteção do Meio Marinho do Atlântico do Nordeste (OSPAR) oito milhões de assinaturas que lhes propõem criar um santuário no Ártico.

© NASA NASA / Reuters

Os signatários desta convenção, conhecida como OSPAR (acrónimo dos seus acordos fundadores, de Oslo e de Paris) a reunião que põe final ao período de seis anos em que Espanha coordenou os seus trabalhos.

Hoje, 12 ativistas da Greenpeace apresentaram-se num hotel onde tem lugar a reunião para entregar a cada um dos 16 membros da OSPAR - os 15 estados signatários da UE - oito caixas com assinaturas de cidadãos que exigem que se protejam as águas do Ártico, convencidos de que as alterações climáticas "não permitem esperar".

A porta-voz da Greenpeace de Espanha nesta campanha, Pilar Marcos, explicou à agência espanhola EFE que as principais associações ecológicas do mundo querem que a OSPAR proteja a zona do Ártico situada em águas internacionais que está sob a sua competência: uma extensão de oceano de 232.650 quilómetros quadrados -- metade da superfície de Espanha -- situada entre a Gronelândia e a Noruega.

Marcos sublinha que esta superfície só representa uma pequena parte - 8,3 por cento - do santuário que a Greenpeace exige para todo o Ártico, mas a sua declaração teria uma grande "carga simbólica" e também "geopolítica", porque seria a primeira proteção que se estabelece sobre estas águas, muito cobiçadas por vários estados.

"Proteger uma superfície como esta não é inútil, lançaria uma chamada de atenção aos países que estão a tentar explorar os recursos do Ártico em vez de protegê-los. Causaria uma agitação na geopolítica da zona", apontou a porta-voz.

Os ativistas da Greenpeace também entregaram aos delegados do governo representados em OSPAR uma memória digital com pormenores sobre os países de origem dos oito milhões de assinaturas e uma ligação ao vídeo do concerto que o pianista italiano Ludovico Einaudi deu em frente ao glaciar Wahlenbergbreen (Noruega) para oferecer o seu apoio a esta campanha.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17