sicnot

Perfil

Mundo

Trabalhistas avisam que vitória do Brexit ameça direitos laborais

O líder trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse hoje que uma eventual vitória do 'Brexit' no referendo europeu de quinta-feira pode arriscar a economia do Reino Unido e também os direitos laborais.

reuters

Num apelo aos seguidores trabalhistas, Corbyn assinalou que o bloco dos 28 países da União Europeia protegerá os postos de trabalho e insistiu que esta votação determinará o futuro crescimento do Reino Unido.

"As próximas horas determinaram o futuro do Reino Unido", afirmou o político, considerando que a pergunta crucial de quinta-feira será: "o que é o melhor para o emprego no Reino Unido, os direitos laborais e a nossa futura prosperidade?".

Segundo Corbyn, a 23 de junho os britânicos têm de decidir se ficam "para proteger os empregos e a prosperidade no Reino Unido que depende do comércio na Europa" ou "se dá um passo num futuro desconhecido" caso se opte pela saída, questionou o líder da oposição, que no passado foi um forte crítico do bloqueio europeu.

Um voto a favor da permanência supõe "dar prioridade à economia", disse Corbyn, que pediu aos trabalhistas que votem a favor da permanência britânica na União Europeia (EU).

O apoio dos trabalhistas é visto pela campanha pela permanência como crucial para ganhar a votação de quinta-feira, dada a profunda divisão que há no Partido Conservador do primeiro-ministro britânico, David Cameron, entre aqueles que querem a permanência na EU e os que apoiam o 'Brexit'.

A campanha do referendo sobre a permanência ou saída do Reino Unido da União Europeia ficou marcada pelo assassinato da deputada trabalhista Jo Cox, de 41 anos, que foi baleada e esfaqueada na passada quinta-feira no seu círculo eleitoral, no norte da Inglaterra, enquanto fazia campanha a favor da permanência do Reino Unido na União Europeia.

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.