sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano diz que teste de míssil foi um sucesso e uma ameaça aos EUA

O dirigente norte coreano Kim Jong-Un congratulou-se esta quarta-feira com o teste bem-sucedido de um novo míssil de médio alcance, ao referir que constitui uma ameaça direta às bases militares norte-americanas no Pacífico, segundo os media oficiais.

Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte.

Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte.

© KCNA KCNA / Reuters

Kim, que acompanhou pessoalmente o teste do míssil Musudan, referiu-se a um "grande acontecimento" que reforça a capacidade de ataque nuclear preventivo da Coreia do Norte, revelou a agência noticiosa oficial KCNA.

"Agora, temos a absoluta capacidade para atacar os americanos de forma total e prática no teatro de operações do Pacífico", prosseguiu Kim, citado pela agência.

A Coreia do Norte já terá efetuado quatro tentativas prévias em 2016 para testar o Musudan, que possui um alcance entre 2.000 e 4.000 quilómetros. O raio mais reduzido deste míssil abrange todo o território da Coreia do Sul e do Japão, enquanto o mais alargado inclui as bases militares norte-americanas em Guam.

No entanto, a Coreia do Norte terá falhado esta quarta-feira, e aparentemente, um primeiro teste do Musudan, segundo referiu o Ministério da Defesa sul-coreano.

Um responsável oficial disse que Pyongyang disparou um míssil não identificado desde a sua costa oeste pouco antes das 06:00 locais (22:00 de terça-feira em Lisboa).

"Responsáveis japoneses e sul-coreanos tinha referido previamente que a Coreia do Norte se preparava para testar um poderoso míssil balístico de médio alcance.

Lusa

  • A vida secreta da tia de Kim Jong-Un

    Mundo

    Uma tia de Kim Jong-Un, líder supremo da Coreia do Norte, vive uma vida aparentemente normal. Trata-se de uma mulher de 60 anos que passeia por Times Square, acompanhada pelo marido como qualquer estrangeiro que tenta viver o "sonho americano" .No entanto, não se trata de uma imigrante qualquer, trata-se nada mais nada menos, do que a tia de Kim Jong Un, o líder norte-coreano que recentemente ameaçou detonar uma bomba de hidrogénio em Nova Iorque. Nos últimos 18 anos, desde que desertou da Coreia do Norte para servir a CIA a troco de 200 mil dólares, tem vivido uma vida anónima nos Estados Unidos, com o marido e os três filhos.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.