sicnot

Perfil

Mundo

Etiópia vai deitar fora 69 milhões de preservativos defeituosos

A Etiópia vai deitar fora 69 milhões de preservativos financiados pelo Fundo Mundial de Luta Contra a SIDA devido à sua má qualidade, informou hoje a rádio local Fana.

© Chaiwat Subprasom / Reuters

Fabricados por uma empresa indiana, os preservativos revelaram-se defeituosos em testes em laboratório, segundo a agência de financiamento e abastecimento farmacêutico (PFSA, na sigla em inglês) da Etiópia.

O diretor da PFSA, Meskele Lera, disse ter iniciado o processo para obter um "reembolso do dinheiro e a cobertura dos custos de escoamento", adiantou a Fana.

Os preservativos tinham sido comprados pelas autoridades etíopes graças a uma doação do Fundo Mundial de Luta Contra a SIDA. Cerca de 1,2 milhões de etíopes vivem com o VIH, segundo números da Organização Mundial de Saúde, sendo a prevalência do vírus na população de 2,4%.

Lusa

  • Carro do suspeito de rapto de Maelys fotografado por radar a alta velocidade
    1:16

    Mundo

    Praticamente um mês depois do desaparecimento de Maelys de Araújo, as autoridades francesas continuam a fazer buscas para tentar encontrar a menina lusodescendetnte de 9 anos. Entretanto, um jornal francês revelou que o carro do homem suspeito de rapto terá sido fotografado, por um radar, a alta velocidade na noite do desparecimento.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.