sicnot

Perfil

Mundo

PC chinês testa militantes com questionário online

Desde 20 de junho e até 10 de julho, os 87 milhões de militantes do Partido Comunista da China que trabalham em agências centrais do Governo por todo o país, foram convidados a participar num questionário online. São 20 questões que abrangem temas que vão da política, à disciplina, incluindo as punições para quem quebre as regras partidárias.

Este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente da China destinada a reforçar a lealdade partidária.

Este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente da China destinada a reforçar a lealdade partidária.

© Claro Cortes / Reuters (Arquivo)

À semelhança de um teste escolar, os militantes têm um tempo limitado para responder ao questionário. As perguntas terão de ser respondidas em apenas uma hora e os resultados individuais, bem como a média final de cada departamento partidário, serão divulgados publicamente.

"Quantos capítulos tem a Constituição?", esta é uma das perguntas mais fáceis do questionário, que embora não seja destinado ao público em geral, está disponível online para quem queira responder.

Uma rápida pesquisa na Internet permite concluir que a Constituição chinesa tem 11 capítulos, incluindo um programa geral introdutório.

A maioria das perguntas apresenta, contudo, um grau de dificuldade mais elevado, como por exemplo: "qual o caminho para uma nação mais forte?", "quando (exato dia e ano) foram deliberados os critérios de honestidade e auto-disciplina para os militantes do partido?" e "se o cônjuge de um militante do partido aceitar um suborno, a que sanção fica sujeito o militante?"

De acordo com o site da televisão britânica BBC, este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente Xi Jinping, destinada a reforçar a lealdade partidária.

Esta iniciativa que apela aos militantes para que estudem os regulamentos do partido e os discursos do Presidente Jinping vai decorrer ao longo de todo o ano.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.