sicnot

Perfil

Mundo

PC chinês testa militantes com questionário online

Desde 20 de junho e até 10 de julho, os 87 milhões de militantes do Partido Comunista da China que trabalham em agências centrais do Governo por todo o país, foram convidados a participar num questionário online. São 20 questões que abrangem temas que vão da política, à disciplina, incluindo as punições para quem quebre as regras partidárias.

Este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente da China destinada a reforçar a lealdade partidária.

Este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente da China destinada a reforçar a lealdade partidária.

© Claro Cortes / Reuters (Arquivo)

À semelhança de um teste escolar, os militantes têm um tempo limitado para responder ao questionário. As perguntas terão de ser respondidas em apenas uma hora e os resultados individuais, bem como a média final de cada departamento partidário, serão divulgados publicamente.

"Quantos capítulos tem a Constituição?", esta é uma das perguntas mais fáceis do questionário, que embora não seja destinado ao público em geral, está disponível online para quem queira responder.

Uma rápida pesquisa na Internet permite concluir que a Constituição chinesa tem 11 capítulos, incluindo um programa geral introdutório.

A maioria das perguntas apresenta, contudo, um grau de dificuldade mais elevado, como por exemplo: "qual o caminho para uma nação mais forte?", "quando (exato dia e ano) foram deliberados os critérios de honestidade e auto-disciplina para os militantes do partido?" e "se o cônjuge de um militante do partido aceitar um suborno, a que sanção fica sujeito o militante?"

De acordo com o site da televisão britânica BBC, este questionário faz parte de uma campanha lançada pelo Presidente Xi Jinping, destinada a reforçar a lealdade partidária.

Esta iniciativa que apela aos militantes para que estudem os regulamentos do partido e os discursos do Presidente Jinping vai decorrer ao longo de todo o ano.

  • Japão ganha nova esperança ao derrotar a Colômbia (2-1)

    Mundial 2018 / Colômbia

    No primeiro jogo do grupo H, a Colômbia foi derrotada pelo Japão. Um dos momentos altos do jogo aconteceu logo ao minuto 4 quando, na sequência de uma falta de Carlos Sanchez, o árbitro assinalou um penálti a favor da equipa japonesa. O colombiano levou um cartão vermelho, depois de ter intercetado um remate do Japão com a mão. Apesar da desvantagem numérica, a Colômbia iguala o marcador aos 39 minutos com um livre de Quintero. Contudo, Yuya Osako colocou o Japão novamente em vantagem aos 73 min.

  • Hospitais públicos à beira da rutura
    2:28
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • OMS inclui dependência dos videojogos na lista de doenças mentais

    Mundo

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a dependência de videojogos na lista de doenças mentais, uma possibilidade que tinha sido prevista no início do ano e que foi anunciada esta segunda-feira. Este pode ser mais um argumento para os pais limitarem o tempo de acesso dos filhos às consolas, computadores e todos os dispositivos com videojogos.

    SIC

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Morreu o orangotango mais velho do mundo

    Mundo

    O orangotango mais velho do mundo morreu aos 62 anos no jardim zoológico de Perth, no norte da Austrália, deixando 54 descendentes, anunciou esta terça-feira a instituição.

  • Milionários aumentam... e as suas fortunas também

    Mundo

    O número de milionários mundiais cresceu em 2017 e o seu nível de riqueza aumentou pelo sexto ano consecutivo, ultrapassando pela primeira vez os 70 biliões de dólares (60,5 biliões de euros), segundo um estudo divulgado esta terça-feira.