sicnot

Perfil

Mundo

Um pequeno sapo parou os bulldozers no Canadá

Tem 2,5 centímetros de comprimento mas conseguiu parar as máquinas. O Governo canadiano aprovou quarta-feira de urgência uma lei para proteger um pequeno sapo, cujo habitat em Montréal está ameaçado pela urbanização.

James Harding / Michigan State University

A lei entra em vigor a 17 de julho e visa proteger o habitat do Pseudacris triseriata - Sapo coro do Ocidente - num território com 2 km2 em Montréal, anunciou a ministra do Ambiente, Catherine McKenna.

Esta decisão governamental impedirá assim a construção de 171 casas de um projeto imobiliário que já conta com mil unidades construídas.

O sapo é uma das espécies em risco registada pelo Governo do Canadá. Mede no máximo 2,5 centímetros e a cor varia entre o castanho e o verde azeitona.Vive nas zonas húmidas do sul do Quebeque e de Ontário, mas é considerada espécie em perigo desde 2010.

Na região ao sul de Montréal, mais de 90% da área do habitat do sapo desapareceu, sobretudo devido aos projetos imobiliários, agora travados pelo Governo.

  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Primeiro-ministro entrega veículos elétricos à Administração Pública
    1:46

    País

    O primeiro-ministro entregou esta terça-feira os primeiros 55 carros elétricos, de um total de 170, que vão ficar ao serviço de vários organismos da Administração Pública. António Costa e quatro ministros saíram da cerimónia, no Terminal de Cruzeiros em Lisboa, já ao volante das novas viaturas.

  • Quem é Elon Musk?
    9:42