sicnot

Perfil

Mundo

Ataque a um hotel na capital da Somália com registo de explosões e tiros

Um hotel da capital da Somália, Mogadíscio, estava a ser alvo hoje à tarde de um ataque, com o registo de uma forte explosão e vários tiros de armas automáticas, segundo testemunhos locais, citados pela agência francesa AFP.

© Feisal Omar / Reuters

"Há registo de tiros no interior do hotel. Os tiros começaram após uma forte explosão", relatou à AFP Abdihafid Mudey, um homem que vive perto do hotel atacado, o Naasa Hablood.

"Não sabemos o que está a acontecer, porque estamos deitados no chão" por motivos de proteção, acrescentou a testemunha.

Várias fontes dos serviços locais de segurança confirmaram à AFP que um ataque estava em curso no hotel, mas não adiantaram mais pormenores.

Por volta das 16:30 hora local (14:30 hora de Lisboa) os correspondentes da AFP em Mogadíscio ouviram uma forte de explosão. Um repórter fotográfico da agência noticiosa francesa deslocou-se à zona do hotel e ouviu vários tiros de armas automáticas.

Este ataque acontece pouco mais de três semanas depois de um outro ataque que teve como alvo o hotel Ambassador, também em Mogadíscio. No ataque de 01 de junho morreram 10 pessoas.

O Naasa Hablood é um hotel muito frequentado por políticos e residentes estrangeiros. Está situado na zona norte da capital.

Nos últimos meses, os insurgentes islâmicos somalis 'shebab', que juraram destruir o governo da Somália, realizaram vários ataques contra restaurantes e certos hotéis de Mogadíscio.

Lusa

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC