sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump apupado na Escócia durante visita a campo de golfe

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos Donald Trump foi hoje vaiado por manifestantes com bandeiras mexicanas e com as cores do arco íris, quando visitava um dos seus campos de golfe na costa escocesa.

© Clodagh Kilcoyne / Reuters

Os manifestantes colocaram-se numa colina com vista para o Trump International Golf Links, perto da localidade de Balmedie, e enquanto uma equipa do milionário norte-americano tentava afastar os jornalistas, cantavam e exibiam bandeiras 'gay' com as cores do arco-iris, bem como bandeiras mexicanas.

O protesto pretendia contestar a intenção de Trump construir um muro na fronteira com o México para lutar contra a imigração clandestina.

"Quero que os jornalistas americanos vejam isto", declarou um habitante local, David Milne, à agência noticiosa francesa AFP, explicando que as bandeiras são uma forma de mostrar "solidariedade" com os mexicanos.

"Se ele se tornar presidente, os Estados Unidos vão estar em guerra na semana seguinte e vão a falência depois. Esse homem é um imbecil", acrescentou ao telefone.

Trump, por seu lado, comparou os manifestantes aos seus antigos rivais na corrida à investidura republicana e declarou: "Não é grave, venci-os".

Questionado sobre a falta de apoio dos dirigentes europeus e as críticas que alguns lhe dirigiram devido às suas posições sobre os muçulmanos, mostrou-se indiferente.

"Tanto faz, não é importante. Vou dizer-vos quem é que me apoia, é o povo americano e isso conta para mim", afirmou.

Na sexta-feira, Trump inaugurou a reabertura de outro dos seus campos de golfe, em Turnberry, na costa leste da Escócia, no dia em que o Reino Unido foram anunciados os resultados do referendo que decidiu o "Brexit" da União Europeia.

"Penso que é extraordinário. É fantástico", declarou, a propósito da saída dos britânicos.

Esta é a primeira visita ao estrangeiro de Trump desde que ganhou as primárias do partido Republicano na corrida à Casa Branca.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC

  • Presidente do Uganda quer proibir sexo oral

    Mundo

    O Presidente do Uganda emitiu um aviso público durante um conferência de imprensa anunciando que vai banir a prática de sexo oral no país. Yoweri Museveni justifica o ato, explicando que "a boca serve para comer".

    SIC