sicnot

Perfil

Mundo

Atentado em Madagáscar faz dois mortos e 84 feridos durante festejos

Um atentado com granadas fez hoje pelo menos dois mortos e 84 feridos num estádio em Antananarivo, Madagáscar, durante as celebrações do dia nacional do país, indicaram as autoridades.

A população festejava o dia da independência no estádio Mahamasina, quando as granadas rebentaram, tendo o presidente, Hery Rajaonarimampianina, atribuído o ataque a "divergências políticas".

Os dois mortos são dois adolescentes de 16 e 18 anos.

"Podem existir divergências políticas, mas os atos de desestabilização são inadmissíveis. Não se pode matar assim a população", declarou o presidente do país, considerando o ataque um "ato terrorista".

Fez ainda um apelo à calma entre a população, advogando que não se responda com violência mas com a aplicação da lei, "o mais severamente possível".

Madagáscar tem tentado sair de um longo período de instabilidade política, iniciada em 2009, quando o presidente da câmara de Antananarivo, Andry Rajoelina, derrubou o então presidente, Marc Ravalomanana.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.