sicnot

Perfil

Mundo

Judeu que esfaqueou manifestantes do Orgulho Gay condenado a prisão perpétua

Um tribunal israelita condenou hoje a prisão perpétua um judeu ultra-ortodoxo que esfaqueou várias pessoas que participavam num desfile do Orgulho Gay, em Jerusalém, provocando a morte a uma jovem de 16 anos.

© Nguyen Huy Kham / Reuters

O Tribunal do Distrito de Jerusalém condenou Yishai Schlissel pelos crimes de assassinato e por seis tentativas de homicídio.

Os crimes ocorreram em julho do ano passado, durante o desfile gay em Jerusalém.

Armado com uma faca, Yishai Shlissel atingiu Shira Banki, uma jovem de 16 anos que acabaria por morrer uns dias mais tarde, assim como outras seis pessoas a quem provocou ferimentos.

Lusa

  • Manifestação contra resultados do partido alemão de Extrema-Direita
    0:39