sicnot

Perfil

Mundo

Judeu que esfaqueou manifestantes do Orgulho Gay condenado a prisão perpétua

Um tribunal israelita condenou hoje a prisão perpétua um judeu ultra-ortodoxo que esfaqueou várias pessoas que participavam num desfile do Orgulho Gay, em Jerusalém, provocando a morte a uma jovem de 16 anos.

© Nguyen Huy Kham / Reuters

O Tribunal do Distrito de Jerusalém condenou Yishai Schlissel pelos crimes de assassinato e por seis tentativas de homicídio.

Os crimes ocorreram em julho do ano passado, durante o desfile gay em Jerusalém.

Armado com uma faca, Yishai Shlissel atingiu Shira Banki, uma jovem de 16 anos que acabaria por morrer uns dias mais tarde, assim como outras seis pessoas a quem provocou ferimentos.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.