sicnot

Perfil

Mundo

Igreja deve pedir perdão aos homossexuais, reconhece Papa Francisco

A Igreja e os católicos devem um pedido de desculpas aos homossexuais, reconheceu ontem o Papa Francisco, a bordo do avião que o levou da Arménia para Roma.

reuters

É a primeira vez na história da Igreja que um Papa defende um pedido de perdão aos homossexuais, pelos católicos.

Falando aos jornalistas, o Sumo Pontífice recordou o atentado que resultou na morte de 49 pessoas num clube noturno gay, em Orlando, Califórnia,e lembrou que a Igreja ensina que os homossexuais "não devem ser discriminados, devem ser respeitados e acompanhados pastoralmente.

Triste ao relembrar-se do ataque , O Papa reconheceu que é necessário um pedido de desculpas aos gays e também, por exemplo, às mulheres.

"Penso que a Igreja não só deve pedir desculpas a uma pessoa gay que tenha ofendido mas também deve pedir desculpas aos pobres, às mulheres que foram exploradas, às crianças que foram exploradas pelo trabalho. E deve pedir desculpa por ter abençoado tantas armas", acrescentou.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14