sicnot

Perfil

Mundo

Presidente sul-africano deve restituir 455 mil euros ao Estado

O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, deve restituir ao Estado 500.000 dólares (455.000 euros) no escândalo da sua residência privada, recomendou hoje o ministro das Finanças, encarregado pela justiça de determinar o montante da soma devida.

© Mike Hutchings / Reuters

A soma "que o Presidente deve pagar pessoalmente corresponde a 7.814.555 rands (cerca de 455.000 euros)", equivalente a uma parte dos trabalhos efetuados na sua propriedade com dinheiro público, indicou o Tesouro num documento entregue ao Tribunal Constitucional e obtido pela agência France Presse.

No final de março, o Tribunal Constitucional considerou que o chefe de Estado tinha violado a Constituição ao recusar-se a reembolsar os custos de renovação da sua propriedade privada não ligados à segurança.

Em causa estavam a piscina, um centro para visitantes, um anfiteatro, um espaço cercado para gado e um galinheiro.

A justiça, chamada a pronunciar-se sobre o caso pela oposição, pediu às Finanças para determinar a soma a restituir.

O Tribunal Constitucional tem agora de aprovar o montante e o Presidente Zuma terá depois 45 dias para fazer o reembolso do valor determinado.


Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.