sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco pede desculpa à Rússia por avião abatido em 2015

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, desculpou-se hoje perante o seu homólogo Vladimir Putin pelo avião russo abatido em novembro de 2015 e apelou à "retoma das relações entre a Turquia e a Rússia", anunciou hoje o Kremlin.

© Jonathan Ernst / Reuters

"O dirigente turco exprimiu a sua simpatia e sinceras condolências à família do piloto russo morto e desculpou-se", declarou o porta-voz do Kremlin Dmitri Peskov, acrescentado que Erdogan referiu "pretender fazer o possível para restaurar as relações tradicionalmente amigáveis entre a Turquia e a Rússia".

Através de um comunicado o Kremlin precisou de seguida ter recebido uma mensagem de Erdogan na qual o Presidente turco indica que Ancara "nunca desejou ou teve a intenção de abater um avião militar russo".

A mensagem de Recep Tayyip Erdogan assegura que "a Rússia é, para a Turquia, um amigo e um parceiro estratégico", indica o texto do Kremlin.

"Uma vez mais pretendo exprimir a minha simpatia e as minhas condolências à família do piloto russo, e digo 'desculpem-nos'", acrescenta Erdogan, citado pelo comunicado.

Em 24 de novembro de 2015, um bombardeiro russo Su-24 foi abatido pela aviação turca perto da fronteira síria, provocando a morte do piloto, atingido a tiro quando descia de paraquedas após se ter ejetado.

A Turquia afirmou que o aparelho entrou no seu espaço aéreo e que foi advertido "dez vezes em cinco minutos", enquanto Moscovo assegura que o Su-24 sobrevoava território sírio e não recebeu qualquer aviso quando foi atingido.

O incidente provocou uma crise aguda nas relações entre os dois países, com a Rússia a adotar diversas medidas retaliatórias face a Ancara.

Lusa

  • Turquia diz que não pedirá desculpa por abate de avião russo
    1:48

    Mundo

    O primeiro-ministro turco garante que a Turquia não vai pedir desculpa a Moscovo pelo abate de um avião militar russo. Ahmet Davutoglu disse, no entanto, esperar que no interesse dos dois países, a Rússia reconsidere as sanções económicas que começou a impôr à Turquia.

  • Turcos garantem que avião russo violou o espaço aéreo do país
    1:12

    Mundo

    A Rússia ameaça tomar medidas de retaliação contra a Turquia. O primeiro-ministro admite suspender projetos económicos entre os dois países e impôr restrições às transações financeiras. As relações entre Ancara e Moscovo atravessam uma crise grave desde que a aviação turca abateu um caça russo perto da fronteira síria, na terça-feira. Os turcos garantem que o aparelho violou o espaço aéreo e que foi avisado várias vezes antes de ser atingido. No entanto, os russos negam esta versão. O Presidente turco já lamentou a ameaça de Moscovo e rejeitou as acusações de que apoia o Daesh (Estado Islâmico).

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55
  • Clínica veterinária em Castelo Branco recebe dezenas de vítimas dos fogos
    3:36

    SIC 25 Anos

    A Quercus tem um hospital de animais selvagens, em Castelo Branco, que nos últimos meses recebeu dezenas de vítimas dos incêndios florestais. Só este ano, deram entrada mais de 250 animais e, a maioria dos casos, são tratados com sucesso. A clínica veterinária abriu em 1999 e já recebeu mais de dois mil animais. Depois de tratados, os animais são devolvidos à natureza.