sicnot

Perfil

Mundo

Presidente turco pede desculpa à Rússia por avião abatido em 2015

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, desculpou-se hoje perante o seu homólogo Vladimir Putin pelo avião russo abatido em novembro de 2015 e apelou à "retoma das relações entre a Turquia e a Rússia", anunciou hoje o Kremlin.

© Jonathan Ernst / Reuters

"O dirigente turco exprimiu a sua simpatia e sinceras condolências à família do piloto russo morto e desculpou-se", declarou o porta-voz do Kremlin Dmitri Peskov, acrescentado que Erdogan referiu "pretender fazer o possível para restaurar as relações tradicionalmente amigáveis entre a Turquia e a Rússia".

Através de um comunicado o Kremlin precisou de seguida ter recebido uma mensagem de Erdogan na qual o Presidente turco indica que Ancara "nunca desejou ou teve a intenção de abater um avião militar russo".

A mensagem de Recep Tayyip Erdogan assegura que "a Rússia é, para a Turquia, um amigo e um parceiro estratégico", indica o texto do Kremlin.

"Uma vez mais pretendo exprimir a minha simpatia e as minhas condolências à família do piloto russo, e digo 'desculpem-nos'", acrescenta Erdogan, citado pelo comunicado.

Em 24 de novembro de 2015, um bombardeiro russo Su-24 foi abatido pela aviação turca perto da fronteira síria, provocando a morte do piloto, atingido a tiro quando descia de paraquedas após se ter ejetado.

A Turquia afirmou que o aparelho entrou no seu espaço aéreo e que foi advertido "dez vezes em cinco minutos", enquanto Moscovo assegura que o Su-24 sobrevoava território sírio e não recebeu qualquer aviso quando foi atingido.

O incidente provocou uma crise aguda nas relações entre os dois países, com a Rússia a adotar diversas medidas retaliatórias face a Ancara.

Lusa

  • Turquia diz que não pedirá desculpa por abate de avião russo
    1:48

    Mundo

    O primeiro-ministro turco garante que a Turquia não vai pedir desculpa a Moscovo pelo abate de um avião militar russo. Ahmet Davutoglu disse, no entanto, esperar que no interesse dos dois países, a Rússia reconsidere as sanções económicas que começou a impôr à Turquia.

  • Turcos garantem que avião russo violou o espaço aéreo do país
    1:12

    Mundo

    A Rússia ameaça tomar medidas de retaliação contra a Turquia. O primeiro-ministro admite suspender projetos económicos entre os dois países e impôr restrições às transações financeiras. As relações entre Ancara e Moscovo atravessam uma crise grave desde que a aviação turca abateu um caça russo perto da fronteira síria, na terça-feira. Os turcos garantem que o aparelho violou o espaço aéreo e que foi avisado várias vezes antes de ser atingido. No entanto, os russos negam esta versão. O Presidente turco já lamentou a ameaça de Moscovo e rejeitou as acusações de que apoia o Daesh (Estado Islâmico).

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01