sicnot

Perfil

Mundo

Afeganistão investiga uso de escravos sexuais por talibãs para se infiltrarem na polícia

O Presidente do Afeganistão ordenou uma "investigação completa" à suspeita de abuso sexual de menores na polícia, após a agência AFP ter reportado que talibãs enviam rapazes para que se infiltrem na organização para depois lançar ataques internos.

reuters

Tem havido uma onda de condenação internacional contra a pedófila "bacha bazi", que significa "brincar com os rapazes" em dari, uma das duas línguas oficiais afegãs, que é uma prática ainda viva em regiões no este, sul e norte do país, que passa por entreter jovens na puberdade, maquilhando-os e travestindo-os por vezes, fazendo deles dançarinos e escravos sexuais.

"O Presidente ordenou uma investigação completa e uma ação imediata baseada nas suas conclusões", indicou o palácio presidencial de Ashraf Ghani em comunicado.

A investigação visa em particular a província de Uruzgan, onde, entre janeiro e abril, foram contabilizados, pelo menos, seis ataques, que custaram a vida a várias centenas de polícias.

Para alguns comandantes da polícia da província de Uruzgan, os "bacha bereesh", rapazes imberbes, são verdadeiros troféus. Daí que sejam também um verdadeiro filão para os rebeldes talibãs, que vêm a explorá-lo desde há dois anos, multiplicando os seus ataques contra as forças de segurança na região, de acordo com responsáveis locais e sobreviventes destes ataques ouvidos pela AFP.

"Qualquer pessoa, independentemente da sua posição nas forças, considerada culpada será julgada de acordo e em pleno cumprimento das leis afegãs e das nossas obrigações internacionais", refere a mesma nota.

Um porta-voz dos talibãs desmentiu formalmente à AFP a existência deste tipo de ataques.

Os ataques levados a cabo por infiltrados enfraqueceram consideravelmente o exército e a polícia já de si com muitas dificuldades para enfrentarem os talibãs na recôndita região rochosa de Uruzgan, vizinha da perigosa província de Helmand, no sul do país.

Durante o período em que dirigiam o Afeganistão (1996-2001), os talibãs proibiram a "bacha bazi" e garantem hoje nunca terem recorrido a ela no quadro da luta contra as forças afegãs.

A quase totalidade das 370 barreiras e postos de polícia de Uruzgan contam com, pelo menos, um jovem escravo sexual, por vezes até quatro, que frequentemente são mesmo portadores de armas, garantiram à AFP vários responsáveis locais, entre os quais o antigo chefe da polícia provincial.

As agressões sexuais e abusos de todos os géneros cometidos por agentes da polícia sobre estes jovens colocam muitos adolescentes nos braços dos talibãs, que lhes permitem concretizar os objetivos de vingança.

Por outro lado, muitos dos que tentam escapar aos seus violadores, quando são apanhados, são frequentemente acusados de ser cúmplices dos rebeldes, indicaram à AFP dois juízes provinciais.

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.