sicnot

Perfil

Mundo

Cães detetam cheiro de diabetes em seres humanos

O olfacto apurado dos cães já se mostrou útil para detetar problemas de saúde, como alguns tipos de cancro e níveis baixos de açúcar no sangue nos diabéticos. Cientistas britânicos acreditam ter descoberto porque é que os cães conseguem farejar o momento em que ocorre esta crise tão perigosa - a hipoglicémia.

Shirley é um Labrador Retriever que consegue detetar quando o nível de açúcar no sangue do dono diabético está a baixar. Jake é um Cocker Spaniel farejador da polícia.

Shirley é um Labrador Retriever que consegue detetar quando o nível de açúcar no sangue do dono diabético está a baixar. Jake é um Cocker Spaniel farejador da polícia.

© Suzanne Plunkett / Reuters

O sentido do olfacto dos cães é muito apurado, conseguem sentir os odores mais fracos que os seres humanos nunca conseguirão cheirar. Por essa razão há cães treinados para alertar os donos no momento da crise de hipoglicémia - os doentes ficam com tremores, tontos, desorientados quando o nível de açúcar no sangue fica demasiado baixo. Se não forem tratados, os diabéticos podem ficar inconscientes e até morrer.

Os cientistas da Wellcome Trust-MRC Institute of Metabolic Science e da Universidade de Cambridge acreditam ter percebido o que cães farejam quando baixa o nível de açúcar no sangue.

Há um elemento químico que aumenta no ar que o diabético expira - isopreno. Em alguns casos, o valor desse químico chega a duplicar, embora os seres humanos não o consigam detetar.

Os cientistas esperam usar esta informação para desenvolver sensores que façam o mesmo que os cães. Assim, não serão mais necessárias as picadas constantes nos dedos para analisar o sangue.

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.