sicnot

Perfil

Mundo

Explosões provocaram pelo menos 28 mortos e 60 feridos em Istambul

Explosões provocaram pelo menos 28 mortos e 60 feridos em Istambul

Um tiroteiro e duas explosões fizeram, segundo o ministro da Justiça da Turquia, pelo menos 28 mortos. As explosões foram ataques suicidas: os suspeitos detonaram os explosivos antes de passarem pelo sistema de segurança de raio-X no check-in. Cerca de 60 pessoas ficaram feridas, seis delas com gravidade. Ao telefone, o general Rodolfo Begonha explica como é difícil evitar este tipo de ataques.

  • Explosões no aeroporto de Istambul fazem pelo menos 36 mortos

    Mundo

    Um tiroteiro e duas explosões fizeram-se sentir no Aeroporto de Atatürk em Istambul. Segundo primeiro-ministro turco, pelo menos 36 pessoas morreram. As explosões foram ataques suicidas: os suspeitos detonaram os explosivos antes de passarem pelo sistema de segurança de raio-X no check-in. Mais de 100 pessoas ficaram feridas.

  • Ataques suicidas em aeroporto de Istambul fazem pelo menos 10 mortos
    5:13

    Mundo

    Duas explosões fizeram-se sentir no Aeroporto de Atatürk em Istambul, seguidas de um tiroteio. Segundo o ministro da Justiça da Turquia, pelo menos dez pessoas morreram e quarenta ficaram feridas. As explosões foram ataques suicidas: os dois suspeitos detonaram os explosivos antes de passar pela segurança. José Pedro Tavares, correspondente da SIC na Turquia, dá-nos conta das últimas informações avançadas pelas televisões turcas.

  • Português no aeroporto de Istambul relata o que aconteceu
    6:39

    Mundo

    Marcos Barros é um passageiro português que estava no Aeroporto de Istambul quando se deram as explosões. O português relata os acontecimentos desta noite: ouviu aquilo que pareceu um tiro, seguido de explosões. Marco Barros conseguiu esconder-se numa loja com a esposa e estão ambos bem. Ninguém consegue sair do aeroporto e o português diz que há falta de informação, e por isso as pessoas sentem-se inseguras para sair.

  • É um ataque devastador para a Turquia
    6:18

    Atentado em Istambul

    Nuno Rogeiro explica que o ataque desta noite no aeroporto da Turquia é um ato desastroso numa altura em que o "país procurava ressuscitar" a indústria do turismo e que trará consequências negativas para o novo Governo recentemente promovido por Erdogan. O comentador da SIC explica ainda que um ataque num dos maiores aeroportos da Europa demonstra a existência de falhas de segurança. Apesar de até ao momento o ataque no aeroporto de Istambul ainda não ter sido reivindicado, Nuno Rogeiro defende a possibilidade de se tratar do Daesh, tendo em conta que a perda de território e a morte recente de um dos seus líderes poderá ter levado o grupo extremista a vingar-se do país.

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.