sicnot

Perfil

Mundo

Israelita de 13 anos esfaqueada por palestiniano que acabou morto

Uma adolescente israelita morreu hoje algumas horas depois de ter sido esfaqueada por um palestiniano num colonato judaico da Cisjordânia, disseram fontes hospitalares israelitas. O homem foi morto a tiro.

A casa onde Hillel Yafa Ariel foi atacada no bairro de Harsanina, no colonato de Kiriat Arba, próximo de Hebron, na Cisjordânia.

A casa onde Hillel Yafa Ariel foi atacada no bairro de Harsanina, no colonato de Kiriat Arba, próximo de Hebron, na Cisjordânia.

© Mussa Qawasma / Reuters

A vítima, identificada como Hillel Yafa Ariel, de 13 anos, morreu no hospital Shaarei Tzedek de Jerusalém, acrescentaram.

A menor encontrava-se na sua casa, no bairro de Harsanina, no colonato de Kiriat Arba, próximo de Hebron, na Cisjordânia, quando foi atacada por um palestiniano, armado com uma faca, disseram fontes de segurança e meios de comunicação locais israelitas.

O palestiniano foi morto a tiro por uma patrulha da segurança civil do colonato. Um dos elementos da patrulha foi também esfaqueado e sofreu ferimentos causados por um dos colegas, na operação para neutralizar o atacante.

O membro da patrulha ferido, de 31 anos, foi internado em estado grave em outro hospital de Jerusalém, indicaram 'media' locais.

O Canal 10 da televisão israelita informou que o atacante palestiniano, de 17 anos e oriundo da aldeia de Bani Naim, próxima do colonato judaico, conseguiu saltar a vedação do colonato e entrar na casa onde estava a menor.

Em comunicado, as forças armadas israelitas afirmaram que "há pouco, um terrorista infiltrou-se e apunhalou um civil na comunidade de Kiriat Arba".

Na sexta-feira, uma palestiniana foi morta a tiro pelas forças israelitas depois de atropelar dois civis israelitas feridos à entrada do mesmo colonato na Cisjordânia, de acordo com o exército israelita.

Estes ataques inserem-se na onda de violência que começou em outubro passado e durante a qual já morreram 216 palestinianos, 35 israelitas e três estrangeiros.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.