sicnot

Perfil

Mundo

Justiça brasileira bloqueia contas bancárias do WhatsApp no país

A Justiça brasileira ordenou hoje o bloqueio de contas do serviço de mensagens rápidas WhatsApp, no Brasil, porque a empresa não cumpriu uma decisão judicial de libertar mensagens trocadas por traficantes investigados pela Polícia Federal.

© Nacho Doce / Reuters

O total de verbas bloqueado foi de 19,5 milhões de reais (5,5 milhões euros).

Segundo o portal de notícias G1, a decisão é um desdobramento da Operação Quijarro, que deteve na passada quarta-feira vários elementos de uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas.

Ao contrário do que aconteceu em 2015 e já este ano, a justiça brasileira só bloqueou as contas do WhatsApp e não suspendeu o serviço.

A empresa ainda não se manifestou sobre a decisão.

O valor bloqueado diz respeito a multas acumuladas durante os últimos cinco meses.

A operação Quijarro foi desencadeada nos Estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul para investigar a ação de grupos responsáveis pelo transporte de cocaína, que estava instalado em Londrina, no norte do Paraná.

Lusa

  • Racionamento da água é medida de último recurso
    2:35
  • "Estamos Vivos": o processo de reabilitação depois dos incêndios
    1:22