sicnot

Perfil

Mundo

Justiça brasileira bloqueia contas bancárias do WhatsApp no país

A Justiça brasileira ordenou hoje o bloqueio de contas do serviço de mensagens rápidas WhatsApp, no Brasil, porque a empresa não cumpriu uma decisão judicial de libertar mensagens trocadas por traficantes investigados pela Polícia Federal.

© Nacho Doce / Reuters

O total de verbas bloqueado foi de 19,5 milhões de reais (5,5 milhões euros).

Segundo o portal de notícias G1, a decisão é um desdobramento da Operação Quijarro, que deteve na passada quarta-feira vários elementos de uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas.

Ao contrário do que aconteceu em 2015 e já este ano, a justiça brasileira só bloqueou as contas do WhatsApp e não suspendeu o serviço.

A empresa ainda não se manifestou sobre a decisão.

O valor bloqueado diz respeito a multas acumuladas durante os últimos cinco meses.

A operação Quijarro foi desencadeada nos Estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul para investigar a ação de grupos responsáveis pelo transporte de cocaína, que estava instalado em Londrina, no norte do Paraná.

Lusa

  • Pinto da Costa internado após queda

    Desporto

    O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, sofreu uma queda e foi internado de urgência no Hospital de São João. O acidente já foi confirmado pelo clube em comunicado.

  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11