sicnot

Perfil

Mundo

Kim Jong-un nomeado presidente de novo órgão de poder norte-coreano

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, foi nomeado presidente da Comissão de Assuntos de Estado, um novo órgão que substitui a poderosa Comissão Nacional de Defesa, revelaram hoje os media estatais.

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

© Damir Sagolj / Reuters

A nomeação teve lugar durante a quarta sessão da XIII Assembleia Popular Suprema, um encontro anual que serve normalmente para aplicar decisões tomadas pela elite, na qual foram aprovadas as medidas, anunciadas em maio, durante o VII Congresso do Partido dos Trabalhadores.

A Comissão Nacional de Defesa (CND), que era "o mais alto órgão regente do exército encarregado dos assuntos militares" do país, segundo a Constituiçºao, passou a chamar-se "Comissão de Assuntos Estatais", de acordo com o estabelecido na sessão do parlamento norte-coreano.

Kim Jong-un, que ostentava o título de primeiro presidente da CND, agora é presidente da Comissão de Assuntos Estatais, informou a agência oficial KCNA.

Apesar de a Coreia do Norte ter divulgado a mexida como uma simples mudança de nome, especialistas sul-coreanos acreditam que se trata de um movimento orientado para consolidar ainda mais a liderança de Kim, entendendo que o novo órgão tem funções ainda mais abrangentes do que o precedente.

"A Comissão de Assuntos Estatais inclui altas figuras do regime nos domínios da diplomacia, segurança ou unificação, e portanto, podemos concluir que a nova entidade vai desempenhar um papel mais amplo que a antiga CND", observou Yang Moo-jin, professor da Universidade de Estudos da Coreia do Norte em Seul, à agência Efe.

Por exemplo, o vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais é Pak Pong-ju, atual primeiro-ministro da Coreia do Norte, o qual tem uma longa carreira política afastada dos quartéis, e o novo órgão também conta com importantes membros como Ri Su-yong, diplomata e ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, ou Kim Ki-nam, diretor da propaganda do partido.

Kim Jong-un assistiu à reunião dos 687 membros da Assembleia Popular Suprema, na qual se alterou a Constituição para aplicar esta e outras mudanças, e em que se reafirmou a política "byeongjin" de Kim, que consiste em impulsionar, em simultâneo, o desenvolvimento de armas nucleares para a defesa do país e a economia.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.