sicnot

Perfil

Mundo

Prémio Norte-Sul 2015 entregue hoje a Joaquim Chissano e Lora Pappa

O antigo Presidente moçambicano Joaquim Chissano e a ativista grega Lora Pappa recebem hoje em Lisboa o Prémio Norte-Sul 2015 do Conselho da Europa, sendo distinguidos pelo seu trabalho na defesa dos direitos humanos.

Joaquim Chissano, antigo Presidente de Moçambique

Joaquim Chissano, antigo Presidente de Moçambique

© Reuters Photographer / Reuter

As distinções são entregues hoje de manhã pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa cerimónia na Assembleia da República.

De acordo com o Centro Norte-Sul, organismo do Conselho da Europa, com sede em Lisboa, Joaquim Chissano, Presidente de Moçambique entre 1986 e 2005, "é reconhecido pelo seu contributo para o reforço democrático em África e o seu envolvimento na procura da resolução pacífica de conflitos em diferentes zonas do continente, nomeadamente na sua qualidade de enviado especial da Organização das Nações Unidas".

Já a grega Lora Pappa, fundadora da organização não-governamental METAdrasi, é distinguida pelo seu "trabalho no apoio e encaminhamento de migrantes e refugiados, sobretudo aos grupos mais vulneráveis como as crianças e menores não acompanhados", refere o Centro Norte-Sul.

O prémio, que vai na 21.ª edição, é atribuído anualmente a duas personalidades - uma do Norte e outra do Sul e, preferencialmente, um homem e uma mulher -, "que se destacaram no plano internacional pela sua ação em prol da defesa dos direitos humanos e da democracia, contribuindo para um mundo mais interdependente e solidário", segundo a organização.

Em entrevista à Lusa, o diretor executivo do Centro Norte-Sul, José Frederico Ludovice, sublinhou que os dois distinguidos "vêm de diferentes origens e têm diferentes experiências, mas têm em comum baterem-se pela dignidade humana".

A cerimónia de entrega dos prémios decorre hoje de manhã na Assembleia da República, em Lisboa, com a participação do Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa; do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues; da secretária-geral adjunta do Conselho da Europa, Gabriella Battaini-Dragoni; do presidente do comité executivo do Centro Norte-Sul, Jean-Marie Heydt, e o diretor executivo do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, José Ludovice.

A distinção já foi atribuída, entre outros, ao ex-secretário-geral da ONU e Nobel da Paz, Kofi Annan, aos antigos Presidentes portugueses Mário Soares e Jorge Sampaio, ao ex-presidente da Assembleia da República António de Almeida Santos, ao antigo Presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva, ao cantor irlandês Bob Geldoff, à rainha Rânia da Jordânia, à política francesa Simone Weil, à primeira mulher presidente da Irlanda Mary Robinson, à moçambicana Graça Machel e à jornalista tunisina Souhayr Belhassen.

Criado em 1989, o Centro Norte-Sul iniciou a sua atividade em 1990 para estabelecer plataformas de diálogo, em matéria de interdependência e solidariedade, com regiões situadas fora do continente europeu, no quadro da "política de vizinhança" do Conselho da Europa.

Atualmente, conta com 17 membros: Andorra, Azerbaijão, Bulgária, Cabo Verde, Croácia, Chipre, Espanha, Grécia, Liechtenstein, Luxemburgo, Malta, Montenegro, Marrocos, Portugal, São Marino, Santa Sé e Sérvia. Roménia e Tunísia vão aderir nos próximos meses.

Fundado a 05 de maio de 1949, o Conselho da Europa é a mais antiga instituição europeia em funcionamento, integrando 47 Estados, incluindo todos os países que formam a União Europeia.

Lusa

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Samsung vai vender modelos reparados do Galaxy Note 7

    Economia

    A Samsung Electronics anunciou hoje que vai vender e alugar telemóveis reparados do modelo Galaxy Note 7 depois de no ano passado a empresa ter decidido suspender a respetiva produção devido a incêndios nas baterrias de íon-lítio.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.