sicnot

Perfil

Mundo

Sonda Rosetta termina missão quando aterrar no cometa 67P em setembro

A sonda espacial europeia Rosetta completa a sua missão a 30 de setembro, depois de 12 anos no espaço, juntando-se ao robot Philae na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, anunciou hoje a Agência Espacial Europeia (ESA).

Desenho da sonda Rosetta a aproximar-se do cometa 67P

Desenho da sonda Rosetta a aproximar-se do cometa 67P

ESA/ATG medialab/Rosetta/NavCam

"O dia 30 de setembro vai marcar o fim das operações da sonda", disse Matt Taylor, responsável científico da missão, num comunicado da ESA.

"Para concluir a sua missão em grande forma, a Rosetta - depois de uma descida controlada sem precedentes - vai juntar-se ao Philae e vai dar um beijo final ao seu cometa", adiantou com lirismo a agência espacial francesa CNES num comunicado.

Nos seus últimos momentos de atividade a sonda Rosetta vai tirar fotos em tempo real com resolução muito alta e medidas científicas inéditas.

"Ao contacto com a superfície do cometa, as comunicações vão parar, assim como as operações da Rosetta", indicou o CNES.

Lançada em 2004, a sonda está na órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, conhecido na comunidade científica como 'Tchouri' desde agosto de 2014.

A Rosetta transportou até ao cometa o robot Philae, que alcançou um feito histórico ao aterrar no cometa. No entanto, o robot está agora totalmente adormecido uma vez que ficou sem possibilidade de recarregar baterias com o afastamento do cometa do sol.

O objetivo da missão Rosetta - lançada há mais de 20 anos - é compreender melhor a evolução do sistema solar desde o seu nascimento, pois os cometas são considerados vestígios da matéria primordial.

Lusa

  • Rosetta fotografa a própria sombra projetada no cometa 67P

    Mundo

    A sonda Rosetta captou a sua própria sombra quando fotografava a superfície do cometa 67P, a 14 de fevereiro, a apenas seis quilómetros de distância. As imagens enviadas pela sonda e divulgadas esta semana pela Agência Espacial Europeia (ESA) são as mais próximas e mais detalhadas até agora.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.