sicnot

Perfil

Mundo

Centrais a carvão da União Europeia provocam 23 mil mortos por ano

As centrais de carvão na União Europeia são responsáveis por quase 23 mil mortos por ano e por gastos na saúde de milhões de euros, denuncia um relatório elaborado por várias organizações não-governamentais.

© Dado Ruvic / Reuters

Intitulado "A nuvem negra da Europa: como os países que utilizam carvão põem doentes os seus vizinhos", o relatório analisa os impactos na saúde, em 2013, de 257 centrais europeias.

O carvão foi responsável por 18% das emissões de gases com efeito de estufa na União Europeia, em 2014.

Em 2013, as emissões das centrais que utilizam aquele combustível fóssil provocaram 22.900 mortos prematuros, mas também dezenas de milhares de casos de doenças cardíacas, bronquites e cancros, refere o relatório, elaborado pela WWF, Climate Action Network, Heal (Aliança para a Saúde e Ambiente) e Sandbag.

"Mais de metade das mortes prematuras na União Europeia podem ser atribuídas a 30 centrais que utilizam carvão", sublinha o relatório.

Segundo o relatório, os custos na saúde devido ao impacto da utilização daquele combustível variam entre os "32,4 e os 62,3 mil milhões de euros".

Os cinco países mais afetados pela poluição do carvão proveniente de países vizinhos são a Alemanha (3.630 mortes), Itália (1.610), França (1.380), Grécia (1.050) e na Hungria (700).

"A França usa pouco os combustíveis fósseis no seu cabaz energético, mas é muito atingida pelas centrais dos seus vizinhos", refere o relatório.

Os cinco países cujas centrais provocaram mortes nos países vizinhos são a Polónia, com 4.690 mortes, Alemanha, com 2.490, Roménia, com 1.660, Bulgária, com 1.390, e Reino Unido, com 1.350.

As partículas finas são o "ingrediente mais tóxico" da poluição por carvão, tendo provocado a morte a 19.000 pessoas.

Aquelas partículas afetam o sistema respiratório e o sangue e podem voar "centenas de quilómetros", refere o documento.

Quanto ao mercúrio produzido pela combustão daquele tipo de combustível, é responsável por "danificar o sistema nervoso de milhares de fetos na Europa todos os anos", sublinha o relatório.

"A poluição do ar é responsável por milhões de mortos no mundo inteiro" e o aquecimento global veio "agravar o problema", sublinhou Roberto Bertollini, representante da Organização Mundial de Saúde junto da União Europeia.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.