sicnot

Perfil

Mundo

Iraque executa cinco detidos após devastador ataque em Bagdade

O Ministério da Justiça iraquiano anunciou hoje a execução de cinco condenados à morte, relacionando esta decisão com o ataque bombista suicida de Bagdade no domingo que matou mais de 200 pessoas.

© Ahmed Saad / Reuters

"Anunciamos a aplicação da pena de morte esta manhã contra cinco prisioneiros", referiu o ministério em comunicado, sem especificar os crimes que deram origem á decisão.

No comunicado, o ministério afirma pretender que as famílias enlutadas "saibam que os seus irmãos no Ministério da Justiça continuam a aplicar a punição justa àqueles cujas mãos estão cheias com o sangue dos iraquianos".

O ministério também manifesta as suas condolências às famílias das vítimas.

Um ataque bombista suicida reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) atingiu na manhã de domingo uma zona comercial muito movimentada, provocando mais de 200 mortos, um dos mais mortíferos ataques dos 'jihadistas' sunitas no Iraque e numa zona de maioria de população xiita.

A Jordânia respondeu da mesma forma em 2015, ao executar dois prisioneiros 'jihadistas' após o EI ter queimado vivo um dos seus pilotos após o avião ter sido derrubado na Síria.

O anúncio de Bagdad motivou uma nota da Amnistia Internacional, onde a ONG de direitos humanos refere que as execuções não devem ser usadas "como uma ferramenta de vingança".

O EI passou a controlar em 2014 vastas zonas a norte e oeste de Bagdade, mas desde então tem perdido terreno face à ofensiva das forças iraquianas e internacionais, com um balanço de centenas de mortos e milhares de refugiados, na maioria civis.

Lusa

  • Atentado de domingo no Iraque fez 213 mortos

    Daesh

    O atentado de domingo no centro de Bagdade fez 213 mortos, revelaram hoje as autoridades iraquianas, num novo balanço. O atentado foi perpetrado com um carro armadilhado que explodiu numa rua do bairro comercial de Karrada, numa altura em que centenas de pessoas faziam compras para a festa muçulmana de Eid al-Fitr, que culmina o mês do Ramadão e se celebra dentro de poucos dias.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC