sicnot

Perfil

Mundo

Detido na Venezuela membro de rede de tráfico de droga com ligações a Portugal

As autoridades venezuelanas confirmaram hoje que detiveram, na Venezuela, um cidadão francês, a pedido da Interpol, por ligações ao tráfico de grandes quantidades de cocaína, numa rede que operava entre a América do Sul, Portugal, Espanha e França.

© Ivan Alvarado / Reuters

"Este traficante encontrava-se escondido na ilha de Margarita (nordeste do país) e desde há vários dias que era seguido por funcionários da Interpol, que tentavam identificar outros integrantes da rede", disse o diretor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (Cicpc, antiga Polícia Técnica Judiciária).

Segundo Douglas Rico, o indivíduo, identificado como Laurent Mocudet, de 50 anos de idade, foi detido "na tarde da segunda-feira 4 de julho, na Colónia Tovar (70 quilómetros a sudoeste de Caracas)".

Conhecido como o "franchute" o detido era "integrante de uma rede de tráfico de drogas que opera entre a América do sul e os países europeus Portugal, Espanha e França".

"Tem uma notificação vermelha internacional A222/1-2016 e está sendo solicitado pelas autoridades francesas pelo delito de tráfico de grandes quantidades de cocaína, por via marítima, entre os anos de 2003 e 2011", explicou Douglas Rico.

As autoridades venezuelanas não divulgaram mais pormenores sobre a detenção nem o volume de tráfico de cocaína que efetuava a rede.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.