sicnot

Perfil

Mundo

Gémeas dão à luz no mesmo dia à mesma hora

Duas irmãs gémeas idênticas deram à luz o primeiro filho no mesmo dia, à mesma hora, apenas em sítios diferentes dos Estados Unidos.

À esquerda, Leah Rodgers e o marido após o nascimento do filho; à direita, Sarah Mariuz, o marido e a filha recém-nascida.

À esquerda, Leah Rodgers e o marido após o nascimento do filho; à direita, Sarah Mariuz, o marido e a filha recém-nascida.

today.com

O filho de Leah Rodgers nasceu à 1h18 da manhã em Denver, Colorado. A filha de Sarah Mariuz nasceu à 1h18 em La Jolla, Califórnia, de quinta-feira, 30 de junho.

As irmãs de 35 anos têm vivido em locais diferentes, mas sempre foram muito próximas, pelo que a coincidência, embora as entusiasme, não surpreende propriamente.

"Sempre fomos muito próximas, mas há certamente uma outra ligação por sermos gémeas", disseram em entrevista ao site today.com.

As gravidezes não foram planeadas, mas souberam que cada uma estava grávida ao mesmo tempo. E bastou Leah olhar para Sarah para perceber que a irmã também estava grávida.

"Ela apareceu à minha porta e eu tive esta estranha intuição - eu chamo-lhe "twintuition", intuição de gémea - e sabia que ela estava grávida", contou Leah.

Os bebés, Reid Joseph de Leah e Samantha Lynn de Sarah, estão bem e já em casa com os pais.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.