sicnot

Perfil

Mundo

Gémeas dão à luz no mesmo dia à mesma hora

Duas irmãs gémeas idênticas deram à luz o primeiro filho no mesmo dia, à mesma hora, apenas em sítios diferentes dos Estados Unidos.

À esquerda, Leah Rodgers e o marido após o nascimento do filho; à direita, Sarah Mariuz, o marido e a filha recém-nascida.

À esquerda, Leah Rodgers e o marido após o nascimento do filho; à direita, Sarah Mariuz, o marido e a filha recém-nascida.

today.com

O filho de Leah Rodgers nasceu à 1h18 da manhã em Denver, Colorado. A filha de Sarah Mariuz nasceu à 1h18 em La Jolla, Califórnia, de quinta-feira, 30 de junho.

As irmãs de 35 anos têm vivido em locais diferentes, mas sempre foram muito próximas, pelo que a coincidência, embora as entusiasme, não surpreende propriamente.

"Sempre fomos muito próximas, mas há certamente uma outra ligação por sermos gémeas", disseram em entrevista ao site today.com.

As gravidezes não foram planeadas, mas souberam que cada uma estava grávida ao mesmo tempo. E bastou Leah olhar para Sarah para perceber que a irmã também estava grávida.

"Ela apareceu à minha porta e eu tive esta estranha intuição - eu chamo-lhe "twintuition", intuição de gémea - e sabia que ela estava grávida", contou Leah.

Os bebés, Reid Joseph de Leah e Samantha Lynn de Sarah, estão bem e já em casa com os pais.

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.