sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro canadiano juntou-se à marcha do Orgulho gay

Justin Trudeau tornou-se num dos primeiros líderes mundiais a participar numa marcha do Orgulho Gay, quando se juntou ao desfile de Toronto no domingo. A introdução do terceiro género na carta de condução e o agradecimento de um refugiado foram algumas das coisas que marcaram a marcha.

Justin Trudeau Twitter

Segundo a BBC, o primeiro-ministro canadiano já tinha participado em marchas do género. Contudo, esta foi a primeira vez que participou como primeiro-ministro. "Estou ansioso por estar aí outra vez, mas desta vez como PM #PrideTO", Trudeau escreveu na sua conta pessoal do Twitter. O primeiro-ministro canadiano é conhecido por apoiar as causas dos homossexuais.

Vários líderes do Canadá marcharam juntamente com Trudeau, como o mayor de Toronto, John Tory, e o ministro das Finanças, Bill Morneau.

O Canadá está a explorar a possibilidade de inserir um terceiro género na carta de condução, usada como identificação. Na marcha não desenvolveu o assunto, mas afirmou que o Governo estava a trabalhar na "melhor maneira" de o fazer.

Segundo o The Guardian, também na marcha estava Bassel Mcleash, um refugiado sírio que foi até ali para mostrar a gratidão para com Trudeau.

"Queria agradecer-lhe por estar ali, no Canadá", disse Mcleash ao jornal. O refugiado de 39 anos conseguiu chegar a Trudeau para agradecer pelo empenho do Governo canadiano no acolhimento de refugiados."Ele disse-me que os canadianos é que lhe tinham pedido para aceitar refugiados".

Foi a partir das redes sociais que o primeiro-ministro canadiano mostrou o orgulho em participar naquela marcha.

Proud • Fiers

Uma foto publicada por Justin Trudeau (@justinpjtrudeau) a

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.