sicnot

Perfil

Mundo

Capacetes azuis que morreram no Mali eram de nacionalidade holandesa

Os dois "capacetes azuis" da Missão das Nações Unidas no Mali (Minusma) que hoje morreram numa explosão acidental em Kidal, no norte do país, eram de nacionalidade holandesa, informou a ONU.

(Arquivo)

(Arquivo)

Reuters

O incidente ocorreu depois da detonação acidental de um morteiro durante manobras num campo de tiro em Kidal, explicou, em comunicado, a Minusma, que anunciou a abertura de uma investigação ao ocorrido.

No comunicado, a missão informa que um outro "capacete azul", de nacional holandesa, ficou ferido com gravidade e foi transferido para o hospital militar de Kidal.

A Minusma tem 9.300 efetivos destacados no Mali, principalmente no norte e este, na chamada Franja de Azawad, onde grupos extremistas isolados atacam com frequência as forças armadas do país, a missão da ONU e outros grupos rivais.

A ONU prolongou, recentemente, por mais um ano, as operações da Minusma no norte do Mali, onde realiza uma das missões mais perigosas do mundo.

Lusa

  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36