sicnot

Perfil

Mundo

Doação de órgãos mais fácil com a Apple

Com apenas um toque, o novo software iOS 10 para o iPhone permite aos utilizadores o registo de doação de órgãos. A ideia é ajudar quem precisa urgentemente de um órgão.

© Michaela Rehle / Reuters

Ainda limitada apenas aos EUA, a funcionalidade está integrada na aplicação Health sob forma de um botão que permitirá aos utilizadores tornarem-se dadores de órgãos.

O CEO da Apple, Tim Cook confidenciou à Associated Press que a funcionalidade foi inspirada em Steve Jobs e na sua espera “angustiante” por um transplante de fígado em 2009.

Mas não só órgãos poderão ser doados - também olhos e tecido, explica uma nota da Apple. O processo de registo exige apenas alguns passos, após os quais a informação é enviada para National Donate Life, gerido pela Donate America Life.

“Em média, uma pessoa morre a cada hora nos Estados Unidos à espera de um transplante de órgão, pois a procura por transplantes excede muito a oferta disponível de órgãos — e um doador pode salvar até oito vidas”, declarou David Fleming, presidente e CEO da Donate America Life.

Mais de 120 mil norte-americanos estão atualmente na fila para um transplante — e a cada 10 minutos, uma pessoa é adicionada à lista.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC