sicnot

Perfil

Mundo

Dois capacetes azuis mortos acidentalmente no Mali

Dois capacetes azuis morreram e um ficou ferido hoje na cidade de Kidal, no Mali, numa "explosão acidental de um morteiro" durante um exercício, anunciou a missão da ONU no país, Minusma.

© Afolabi Sotunde / Reuters

Num comunicado de imprensa, a Minusma não identifica a nacionalidade das vítimas.

"Esta manhã, por volta das 10:00 (09:00 em Lisboa), a explosão acidental de um morteiro resultou na morte de dois capacetes azuis da Minusma durante um exercício num campo de tiro em Kidal", lê-se no comunicado.

"A explosão causou também graves ferimentos a um outro capacete azul, que está a receber os cuidados médicos necessários", acrescentou.

"Está em curso um inquérito interno para saber quais as circunstâncias exatas deste acidente dramático", prossegue o comunicado, que conclui apresentando condolências aos familiares dos soldados, mas sem adiantar as nacionalidades.

A Minusma começou a operar em julho de 2013, na sequência da intervenção militar internacional desencadeada em janeiro de 2013 pela França contra grupos 'jihadistas'.

Estes movimentos, ligados à Al-Qaida, controlaram o norte do Mali durante cerca de dez meses, de março/abril de 2012 até janeiro de 2013.

A maioria daqueles movimentos foi expulsa pela intervenção militar francesa, mas ainda há zonas, sob controlo de forças do Mali e estrangeiras, sujeitas a ataques regulares.

Considerando o total de efetivos, a Minusma é entre todas as missões de paz em curso da ONU a que apresenta maior taxa de mortalidade.

Anteriormente a Minusma tinha 12.000 soldados e polícias e no final de junho, o Conselho de Segurança aprovou o envio de 2.500 capacetes azuis suplementares, para proteger os civis e os seus funcionários.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.