sicnot

Perfil

Mundo

Duplo atentado no Iémen mata pelo menos 14 pessoas

Subiu para 14 a previsão do número de mortos causados pelo atentado terrorista desta manhã no quartel Al Sulban, no sul do Iémen. Um veículo armadilhado explodiu nas imediações do porto de controlo, junto ao aeroporto internacional de Aden. Os atentados ainda não foram reinvidicados, embora a Al Qaeda e o Estado Islâmico operem na região.

© Fawaz Salman / Reuters

Aumentou para 14 o número de mortos no Iémen, entre os quais nove polícias e cinco atacantes, na sequência de um atentado ao quartel Al Sulban, em Adén, no sul do Iémen.

Segundo fontes oficiais citadas pela agência Efe, um atacante suicida fez explodir um carro armadilhado contra a entrada principal deste quartel de forças de segurança, no bairro de Jur Maksar, na zona oriental da cidade, onde se encontra instalado o governo provisório do país, assim como o Presidente, Abdo Rabu Mansur Hadi.

Após a explosão, dezenas de homens armados entraram no quartel através de um acesso localizado nas traseiras do edifício, enquanto a maior parte dos polícias se juntavam na entrada principal.

As mesmas fontes acrescentaram que os atacantes sequestraram um "número ainda não determinado" de efetivos da polícia, sendo que alguns ainda permanecem no interior do quartel.

Várias testemunhas disseram à Efe que se viam colunas de fumo a sair de dentro das instalações policiais que estavam a ser atacadas e que se ouviam também tiros e explosões, na sequência dos confrontos entre os atacantes e as forças de segurança.

Até ao momento, desconhece-se a organização que está por detrás do ataque mas, na região, operam o Estado Islâmico e a Al Qaeda, que aproveitaram o vazio de poder no sul do Iémen para lançar ataques contra objetivos governamentais.

O governo provisório de Hadi instalou a sede oficial em Adén no ano passado depois dos rebeldes huties terem expulsado o executivo de Sana, a capital do país, tendo provocado a fuga dos ministros para a Arábia Saudita.

Com Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.