sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Geórgia assinam acordo de defesa bilateral

Os Estados Unidos e a Geórgia assinaram hoje em Tbilissi um acordo de segurança bilateral destinado a reforçar as capacidades de defesa deste pequeno país do Cáucaso e ex-república soviética, que tem manifestado inquietação face à Rússia.

John Kerry, secretário de Estado dos Estados Unidos da América, e Georgy Margvelashvili, Presidente da Geórgia

John Kerry, secretário de Estado dos Estados Unidos da América, e Georgy Margvelashvili, Presidente da Geórgia

© David Mdzinarishvili / Reuter

A assinatura deste "memorando sobre o reforço das relações de defesa e de segurança entre os Estados Unidos e a Geórgia" decorreu durante um encontro entre o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e o primeiro-ministro georgiano Guiorgui Kvirikachvili.

Esta parceria de defesa, precisou o Departamento de Estado, "reafirma e alarga a cooperação em matéria de defesa e de segurança entre a Geórgia e os Estados Unidos".

"A nossa parceria é inquebrantável e determinada. O povo georgiano escolheu e pretende um futuro euro-atlântico. Os Estados Unidos apoiam esse objetivo", disse John Kerry durante a assinatura do acordo.

Na resposta, o chefe do Governo de Tbilissi considerou que a visita de Kerry "reforça as nossas relações bilaterais", e definiu a parceria como "indispensável para o reforço da segurança e as capacidades de defesa da Geórgia", que com frequência se refere aos eventuais objetivos expansionistas do seu vizinho russo.

O chefe da diplomacia de Washington efetua uma visita de dois dias à Geórgia antes de se deslocar à Ucrânia, com o objetivo de assegurar aos dois países ex-soviéticos o apoio da NATO antes da cimeira da Aliança na Polónia.

Kerry deve ainda encontrar-se em Tbilissi com o Presidente georgiano Guiorgui Margvelachvili, que com o seu homólogo ucraniano Petro Poroshenko vai assistir à cimeira da NATO.

À semelhança da Ucrânia, a Geórgia espera integrar a aliança atlântica apesar da oposição de Moscovo e quando os dois países mantêm contenciosos territoriais com o seu poderoso vizinho, presente em parte dos seus territórios que declararam a secessão.

Em 2008 a Geórgia envolveu-se num breve conflito com a Rússia e desde então tropas russas estão estacionadas na Abkházia e Ossétia do Sul, duas regiões secessionistas da Geórgia.

A Rússia, confrontada com a crescente presença de forças da NATO junto às suas fronteiras, tem-se oposto de forma determinada à entrada da Geórgia na aliança atlântica.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.