sicnot

Perfil

Mundo

Uma imagem que não vale o que publicita

Na campanha de promoção do novo smartphone P9, a Huawei fez com que parecesse que a fotografia acima tinha sido tirada com o aparelho. Não foi.

Fotografia publicada nas redes sociais entretanto retirada.

Fotografia publicada nas redes sociais entretanto retirada.

Dados EXIF

Dados EXIF

Huawei p9

Huawei p9

Uma das características mais publicitadas do Huawei P9 é o sistema de duas objetivas. Ao publicar a fotografia nas redes sociais, a Huawei escreveu na legenda: "o sistema de dupla câmara Leica do #HuaweiP9 torna um prazer tirar fotografias com pouca luz".

A fotografia que serve de exemplo não foi tirada "com pouca luz", nem sequer com o aparelho em causa.

Os dados EXIF (Exchangeable image file format, dados gerados automaticamente pela maioria das máquinas fotográficas) mostram que a fotografia foi tirada por uma Canon EOS 5D Mark III com uma lente de 70-200mm F/2.8. Um equipamento que custa por volta de 4 mil euros. Este smartphone da Huawei custa cerca de 500 euros.

Em comunicado, a empresa chinesa pediu desculpa: "A foto, que foi tirada profissionalmente durante as filmagens do anúncio do Huawei P9, foi partilhada para inspirar a nossa comunidade. Reconhecemos no entanto que devíamos ter sido mais claros na legenda da imagem. Nunca foi nossa intenção enganar. Pedimos desculpa por isso e removemos a imagem".

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47