sicnot

Perfil

Mundo

Governador do Minnesota diz que polícia que matou negro teve reação desporporcional

O governador do Minnesota, Estados Unidos, Mark Dayton, afirmou hoje que "tudo indica" que o polícia que matou, na quarta-feira, um automobilista negro teve uma "reação desproporcional".

© Eric Miller / Reuters

"Não tenho palavras para dizer o quanto estou chocado e profundamente indignado por aquilo acontecer a alguém no Minnesota por ter um farol danificado", disse, em conferência de imprensa, Mark Dayton.

"Eu não tenho todos os factos e evidências, não estou a fazer um julgamento definitivo, mas tudo indica que a resposta da polícia foi desproporcional à que a situação exigia", acrescentou.

Philando Castile, 32 anos, foi morto quarta-feira em Falcon Heights, Minnesota, por um polícia, quando tentou tirar os seus documentos de identidade do tablier, depois de ter sido mandado parar por causa de um farol partido. Os seus últimos momentos foram filmados pela namorada que postou o vídeo no Facebook.

O vídeo já foi visto por quase quatro milhões de pessoas.

A filha da namorada de quatro anos, que estava sentada na parte de trás do carro, assistiu a tudo.

"Teria acontecido a mesma coisa se os passageiros e o condutor fossem brancos", questionou o governador, para depois responder que "não".

"Sou obrigado a encarar o facto de que aquele tipo de racismo existe", acrescentou.

A morte de Philando Castela ocorreu depois de um polícia do Louisiana ter morto uma outra pessoa também negra. A ação da polícia foi uma vez mais filmada e divulgada nas redes sociais.

A brutalidade da polícia contra os negros nos Estados Unidos tem provocado uma onda de indignação no país.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.