sicnot

Perfil

Mundo

Mulher filma em direto companheiro atingido pela polícia nos EUA

Mulher filma em direto companheiro atingido pela polícia nos EUA

Uma mulher filmou e difundiu em direto os últimos instantes do seu companheiro, um negro norte-americano atingido a tiro por um polícia na cidade de Falcon Heights, no estado de Minnesota.


Identificado pela família como Philando Castile, de 32 anos, o homem era funcionário de uma cantina escolar e morreu após um controlo rodoviário, indicou a polícia, que confirmou que um agente realizou os disparos.

Os momentos que se seguiram aos tiros foram gravados por telemóvel pela companheira que seguia ao lado do condutor.

No vídeo, divulgado em direto na rede social Facebook Live e já visto mais de 1,7 milhões de vezes, a mulher explica que o companheiro estava a procurar os seus papéis quando o polícia disparou contra o seu braço.

A mulher, que se identifica como Lavish Reynolds na sua página do Facebook, diz no vídeo dirigindo-se ao polícia que ele disparou quatro tiros contra Castile.

O polícia, a gritar, afirma ter dito ao homem para levantar as mãos.

O incidente ocorreu apenas algumas horas após o anúncio de um inquérito federal sobre um caso semelhante no Louisiana.

Já foi criada uma página Facebook designada "Justiça para Philando Castile".

Com Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.