sicnot

Perfil

Mundo

Ramos Horta transmite convite para que Marcelo visite Timor

Ramos Horta transmite convite para que Marcelo visite Timor

José Ramos-Horta transmitiu hoje o convite a Marcelo Rebelo de Sousa para visitar Timor. O ex-presidente timorense esteve em Belém e garantiu que o Presidente da República terá uma receção ainda maior que os festejos da passagem da seleção à final do Euro 2016.

  • Milhares de timorenses celebraram apuramento da seleção
    0:55

    Euro 2016

    Mais uma vez a festa fez-se também em Timor. Do outro lado do mundo, milhares de pessoas celebraram em motas, carros e camiões com gritos de vitória depois do apuramento da seleção nacional para a final do Euro 2016. Apesar da diferença horária, houve quem tivesse posto o despertador para as 4 da manhã, hora timorense, para assistir ao jogo e depois tivesse feito a festa pela madrugada e manhã adentro. Os festejos prolongaram-se pelo resto do dia, uma vez que hoje é feriado em Timor, dia em que se assinala o fim do Ramadão.

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.