sicnot

Perfil

Mundo

China condena instalação de sistema antimísseis norte-americano na Coreia do Sul

A China condenou hoje a instalação de um sistema antimísseis norte-americano na Coreia do Sul por considerar que "prejudica seriamente" a segurança na região.

O Presidente chinês, Xi Jinping

O Presidente chinês, Xi Jinping

Ebrahim Noroozi

Seul e Washington anunciaram hoje um acordo para a instalação na península coreana do sistema THAAD (Terminal High Altitude Area Defence), dadas as crescentes ameaçadas da Coreia do Norte.

Para o Ministério da Defesa chinês, este acordo "prejudica seriamente os interesses estratégicos a nível de segurança de países da região, incluindo a China".

"A China insta fortemente os EUA e a Coreia do Sul a pararem o processo de instalação do sistema antimíssil THAAD", acrescentou o Ministério, na mesma declaração, feita através de um comunicado.

Para Pequim, a instalação deste sistema na Coreia do Sul não ajudará à desnuclearização da península coreana.

A China exprime, assim, "a sua forte desaprovação e a sua firme oposição" ao acordo anunciado por Seul e Washington.

Pequim já havia condenado, por diversas vezes, a possível instalação do THAAD em território sul-coreano, temendo que o seu raio de alcance vá muito além das efetivas necessidades de defesa da península coreana e interfira em interesses chineses.

Por outro lado, a China teme que acabe por provocar uma corrida ao armamento na região.

Os Estados Unidos da América e a Coreia do Sul iniciaram conversações com vista à instalação do sistema norte-americano antimísseis na península coreana em fevereiro, um mês depois de a Coreia do Norte ter feito o seu quarto teste nuclear.

Seul e Washington "fizeram uma aliança para instalar o THAAD", como "medida de defesa para garantir a segurança" da Coreia do Sul e da sua população, disseram hoje os responsáveis pela Defesa dos dois países, num comunicado conjunto que não avança uma data para a concretização do acordo.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.