sicnot

Perfil

Mundo

Soyuz MS-01 acoplou-se com êxito à Estação Espacial Internacional

Soyuz MS-01 acoplou-se com êxito à Estação Espacial Internacional

- A nave tripulada russa Soyuz MS-01, a primeira da sua geração, realizou hoje com êxito a acoplagem à Estação Espacial Internacional (ISS), informou o Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia.

"A acoplagem foi realizada às 07:06 de Moscovo (05:06 em Lisboa)", disse o locutor do Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia citado pelas agências russas.

O russo Anatoli Ivanishin, o japonês Takutya Onishi e a norte-americana Kathleen Rubins chegaram ao seu destino após três dias de voo em que testaram os novos sistemas da nave.

A manobra de acoplagem, foi executada através de um novo sistema de navegação "Kurs", dotado de câmaras de televisão digital que permitiram aos técnicos do Centro de Controlo em terra ver o encaixe.

A MS apresenta várias inovações em relação aos modelos de comunicação, propulsão, navegação e televisão que, segundo declarou Ivanishin na véspera da descolagem, "tornam a nave mais inteligente e mais segura".

Os astronautas recém-chegados foram recebidos pelos russos Alexéi Ovchinin e Oleg Skripochka, e pelo norte-americnao Jeffrey Williams, que se encuentram na plataforma desde março pasado.

A missão de Ivanishin e dos seus companheiros da Soyuz MS-01, a bordo da ISS, terá a duração de 115 dias, durante os quais terão de executar um programa de tarefas que inclui trabalhos de manutenção da plataformarabalhos de manutenção da plataforma e 39 experiências em diversos âmbitos científicos.
e 39 experiências em diversos âmbitos científicos.

A ISS, um projeto de mais de 100.000 milhões de dólares em que participam 16 países, é atualmente integrada por 14 módulos permanentes e orbita a uma velocidade de mais de 27.000 quilómetros por hora à distância de 400 quilómetros do planeta Terra.

Com Lusa

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contigo" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.