sicnot

Perfil

Mundo

Noite de protestos nos EUA termina com 200 detidos e cinco polícias feridos

Duzentos detidos e cinco polícias com ferimentos ligeiros é o balanço de outra noite de protestos contra a violências policial em várias cidades dos Estados Unidos, depois das recentes mortes de afro-americanos causadas por agentes brancos.

© Jonathan Bachman / Reuters

A tensão maior viveu-se em Saint Paul (Minesota), onde a polícia e os manifestantes se envolveram em confrontos durante as várias horas que durou o bloqueio de uma autoestrada, tendo sido detidas 50 pessoas.

A polícia local usou bombas de fumo e gás lacrimogéneo para dispersar a concentração e informou que, pelo menos, cinco dos seus agentes ficaram com ferimentos ligeiros porque os manifestantes lançaram material pirotécnico, pedras e garrafas.

A morte do jovem negro Philando Castile, na quarta-feira, assassinado por um polícia, desencadeou protestos raciais durante a semana, juntamente com a de Alton Sterling, um homem negro sobre quem dois polícias brancos dispararam na terça-feira à queima-roupa quando já o tinham dominado e deitado no chão em Baton Rouge (Louisiana).

Foi precisamente em Baton Rouge que se registou o maior número de detenções esta noite (125).

Lusa

  • Défice caiu mais de 2,6 mil milhões de euros até outubro

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 1.838 milhões de euros até outubro, bem abaixo dos cerca de 4.500 milhões de há um ano. É "uma melhoria de 2.664 milhões de euros" em relação ao mesmo período do ano passado, aponta o Ministério das Finanças.

  • O que têm ice tea, colas e leite com chocolate em comum? O PAN explica
    1:36
  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29