sicnot

Perfil

Mundo

Bloguer argelino condenado a dois anos de prisão por ofender Presidente

Um bloguer e jornalista argelino residente em Londres foi hoje condenado por um tribunal de Argel a dois anos de prisão efetiva por "ofensa ao Presidente da República", indicou uma advogada à agência noticiosa France-Presse.

Mohamed Tamalt Facebook

"Mohamed Tamalt foi condenado a dois anos de prisão efetiva e 20.000 dinares (1.632 euros) de multa", declarou Amine Sidhoum, acrescentando que vai recorrer da decisão.

Tamalt, 42 anos, anima uma página da rede social Facebook onde publicou conteúdos que invetivam o Presidente argelino Abdelaziz Bouteflika, responsáveis do país ou membros da sua família. Estas publicações foram de seguida difundidas na página da Internet, e estabelecida em Londres, precisou a mesma fonte.

O jornalista foi detido em Argel no passado dia 27 de junho e acusado de "ofensa ao Presidente da República" e "ultraje" com base em diversos artigos do Código Penal, precisou a advogada, sublinhando que estes artigos preveem multas mas não penas de prisão.

"A juíza requalificou os factos e introduziu o artigo 144.º que prevê uma pena de prisão", acrescentou Sidhoum, precisando que este artigo do código penal não inclui as pessoas incriminadas no Facebook.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.