sicnot

Perfil

Mundo

Bloguer argelino condenado a dois anos de prisão por ofender Presidente

Um bloguer e jornalista argelino residente em Londres foi hoje condenado por um tribunal de Argel a dois anos de prisão efetiva por "ofensa ao Presidente da República", indicou uma advogada à agência noticiosa France-Presse.

Mohamed Tamalt Facebook

"Mohamed Tamalt foi condenado a dois anos de prisão efetiva e 20.000 dinares (1.632 euros) de multa", declarou Amine Sidhoum, acrescentando que vai recorrer da decisão.

Tamalt, 42 anos, anima uma página da rede social Facebook onde publicou conteúdos que invetivam o Presidente argelino Abdelaziz Bouteflika, responsáveis do país ou membros da sua família. Estas publicações foram de seguida difundidas na página da Internet, e estabelecida em Londres, precisou a mesma fonte.

O jornalista foi detido em Argel no passado dia 27 de junho e acusado de "ofensa ao Presidente da República" e "ultraje" com base em diversos artigos do Código Penal, precisou a advogada, sublinhando que estes artigos preveem multas mas não penas de prisão.

"A juíza requalificou os factos e introduziu o artigo 144.º que prevê uma pena de prisão", acrescentou Sidhoum, precisando que este artigo do código penal não inclui as pessoas incriminadas no Facebook.

Lusa

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.