sicnot

Perfil

Mundo

Candidata a primeira-ministra compromete-se com saída de Reino Unido da UE

A favorita para substituir David Cameron como líder do Governo britânico prometeu hoje liderar o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, rejeitando ignorar os resultados do referendo.

© Andrew Yates / Reuters

"'Brexit' quer dizer 'Brexit' e vamos fazer com que seja um sucesso", disse a ministra do Interior, Theresa May, em comentários transmitidos pela televisão, ao lançar a sua campanha em Birmingham, no centro de Inglaterra.

"Não haverá tentativas de permanecer na União Europeia, não haverá tentativas de regressar pela porta dos fundos, nem um segundo referendo", garantiu.

"Vou assegurar-me de que saímos da União Europeia", disse May, que apoiou a campanha pela permanência do Reino Unido no bloco europeu antes do referendo de 23 de junho, em que 52 por cento dos eleitores escolheram sair.

"Os britânicos tiveram a oportunidade de votar sobre este assunto. Enviaram uma mensagem muito clara e acho que temos de responder a essa mensagem e fazer o que os britânicos nos pediram para fazer", disse.

Questionada sobre como iria negociar o acesso do país ao mercado único da União Europeia, May disse ser necessário garantir que se alcança "o melhor acordo em termos de comércio, bens e serviços".

"É muito claro que o voto no 'Brexit' é também uma mensagem de que temos de controlar a circulação livre [de pessoas]. A circulação livre não pode continuar da forma como tem funcionado até agora", sublinhou.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.