sicnot

Perfil

Mundo

Cemitério de navios naufragados encontrado ao largo de arquipélago grego

Quarenta e cinco navios naufragados, alguns com milhares de anos, foram descobertos ao largo de um arquipélago grego, um dos sítios arqueológicos subaquáticos mais ricos do Mediterrâneo, divulgaram hoje as autoridades gregas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Tony Gentile / Reuters

Além dos destroços encontrados nos últimos dois anos ao largo das ilhas Fourni, no Mar Egeu, os investigadores também observaram âncoras e centenas de objetos de cerâmica, anunciou o Ministério da Cultura da Grécia.

Cerca de 23 navios afundados foram encontrados em 2016, com outros 22 descobertos do ano anterior, incluindo naufrágios da época romana, bem como durante o período arcaico (800-480 a.C.).

O arquipélago de Fourni, com cerca de 1.000 habitantes, é composto por doze pequenas ilhas.

Os objetos de cerâmica e âncoras são considerados uma "prova de navegação e de comércio fora do arquipélago, que inclui portos naturais e quilómetros de costa," afirmando que "foi um entreposto comercial marítimo".

Entre as descobertas de 2016 estão um navio da era romana que transportava ânforas e tinha partido do Mar Negro, enquanto ourtro foi datado entre o terceiro e o quarto século e partiu das colónias romanas no norte de África.

Lusa

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano