sicnot

Perfil

Mundo

Professoras em faculdades de medicina nos EUA ganham 8% menos que colegas homens

As mulheres do corpo docente nas faculdades de medicina públicas dos Estados Unidos ganham menos 8% que os seus colegas homens, segundo um estudo publicado hoje.

Regis Duvignau / Reuters

As médicas, mesmo após terem sido corrigidos os fatores influenciadores de salários que não estão ligados ao sexo, ganham, em média, menos de 20.000 dólares (18.100 euros) por mês em comparação com os médicos.

Este estudo, realizado no Massachusetts General Hospital e na faculdade de medicina de Harvard, no qual participaram mais de 10 mil membros do corpo docente, contando com cerca de 35% de médicas, analisou os dados salariais do corpo de ensino de 24 faculdades de medicina públicas, em 12 estados norte-americanos.

As disparidades mais fortes são nas especialidades de cirurgia ortopédica, cardiologia, ginecologia e obstetrícia, uma das especialidades onde as mulheres estão em maior número.

As diferenças de rendimento entre homens e mulheres são mais baixas nas urgências e na medicina familiar. As radiologistas são uma exceção, tendo salários ligeiramente mais elevados que os homens.

Os resultados foram publicados hoje na revista médica JAMA.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.