sicnot

Perfil

Mundo

Governo francês apela a Barroso que renuncie a cargo na Goldman Sachs

​O Governo francês considera escandalosa a contratação de Durão Barroso para o cargo de presidente não-executivo e consultor da Goldman Sachs.

© Sebastien Pirlet / Reuters

O Executivo francês apela ao antigo presidente da Comissão Europeia que reconsidere o convite, por levantar questões de conflitos de interesses.
O ministro francês para os Assuntos Europeus disse mesmo, no Parlamento, que se trata de um "erro" por parte de Durão Barroso.

O banco de investimentos americano Goldman Sachs está associado à crise do subprime nos Estados Unidos e também ao contágio às dívidas soberanas do euro.

A contratação de Durão Barroso, está a originar uma série de apelos, para que haja uma mudança nas regras de incompatibilidades.

Durão Barroso tem 60 anos, foi primeiro-ministro de Portugal, cargo que abandonou para ser presidente da Comissão Europeia entre 2004 e 2014.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.